Polícia

Homem reforma lago sem autorização ambiental e é multado em R$ 4 mil

Ele foi acusado de suprimir vegetação nativa pioneira em Área de Preservação Permanente (APP)


DIVULGAÇÃO
MATA
Crédito: DIVULGAÇÃO

Um homem foi multado por policiais militares ambientais em R$ 4 mil, por suprimir vegetação nativa pioneira em Área de Preservação Permanente (APP), durante reforma de um lago em sua propriedade, e cortar oito exemplares arbóreos isolados, também em área de proteção. O caso aconteceu nesta terça-feira (1), em Jarinu e foi tipificado como ‘dificultar regeneração natural e corte de árvores em APP.

Os cabos Márcio e Wacheisk, do 3º Pelotão da 4º Cia do 1º Batalhão de PM Ambiental estiveram na propriedade, na Estrada Municipal Natal Lorencine, no bairro Pitangal, após a corporação receber denúncia anônima. Os agentes foram designados pelo 1º tenente Bravo, comandante interino da 4ª Cia e líder do 3º Pelotão.

Após constatarem as irregularidades, os PMs aplicaram a multa e o cientificaram de agendamento ambiental.

Segundo a Bravo, “a manipulação do lago somente é possível mediante autorização dos órgãos ambientais competentes”.


Notícias relevantes: