Polícia

Motorista é morto em assalto


Cinco pessoas foram presas neste domingo (3), em Parelheiros, na zona sul da cidade de São Paulo, suspeitas de envolvimento no roubo seguido de tortura e morte do motorista de aplicativo Roger Ferreira Silva, 35 anos, vítima de um assalto na região. O celular e dois cartões bancários dele foram levados pelos bandidos e recuperados pela polícia.

Segundo a polícia, o motorista teria sido confundido com um pedófilo pelos ladrões, por isso acabou torturado e morto após o roubo.

De acordo com a Polícia Civil, na noite do dia 30, o motorista atendeu a um chamado feito por um azulejista, acompanhado de outro homem, ambos de 25 anos, além de uma atendente de telemarketing, 19. O local exato não foi informado pela polícia. Neste momento foi anunciado o assalto.

A prisão em flagrante deles foi convertida para preventiva pela Justiça nesta segunda-feira (4), segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo. Com isso eles vão aguardar a sequência das investigações, em liberdade, até que seja feito um novo pedido de prisão ou até mesmo o julgamento.

(Folhapress)


Notícias relevantes: