Polícia

GM recupera carro e prende receptador graças às câmeras

VIDEOMONITORAMENTO Desde o começo do ano a GM já abordou 35 veículos cadastrados no sistema OCR, 33% a mais do que no ano passado


DIVULGAÇÃO
Equipes do Apoio Tático da GM conseguiram abordar o Sandero furtado
Crédito: DIVULGAÇÃO

O Apoio Tático da Guarda Municipal de Jundiaí prendeu um criminoso por receptação de veículo furtado, na noite de terça-feira (9), em Jundiaí. A prisão foi realizada graças ao sistema de videomonitoramento da cidade, que identificou a placa do veículo furtado no mês passado.

Desde o início do ano, a GM já abordou 35 veículos cujas placas estavam cadastradas no sistema de monitoramento de câmeras (OCR). O número é 33% maior do que em 2019. Ao todo, a corporação tem 107 veículos sendo monitorados pelas 102 câmeras da cidade, entre carros utilizados para praticar crimes, veículos furtados, roubados ou envolvidos em atividades suspeitas.

O Sandero havia sido furtado há um mês e o proprietário comunicou o crime para a GM, que inseriu os dados do veículo no sistema. O carro foi avistado na avenida 9 de Julho, com um homem na direção. As viaturas seguiram o suspeito até conseguir abordá-lo em frente ao Hospital Universitário.

O homem negou ter praticado o furto e foi indiciado por receptação de carro furtado. O veículo foi devolvido ao proprietário. Participaram da ação as equipes de Apoio Tático dos GMs Relvy, Molero, Furlan e Tartari, equipe do De Paula, Francischini, Edmundo e Pereira e a equipe do Tático Comando composta pelo subinspetor Carolbeli e os GMs Honório e Marassato.

MONITORAMENTO

O carro furtado que foi recuperado em frente ao Hospital Universitário é um exemplo de ação coordenada em parceria com videomonitoramento da cidade. Outro exemplo foi o importunador sexual que vinha abordando meninas de 13 e 14 anos no Jardim Santa Gertrudes, em janeiro, e que foi localizado graças às câmeras.

No caso, o veículo, um Renault Kwid, cadastrado no sistema OCR da Guarda Municipal a pedido da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) foi visualizado transitando em Jundiaí e detido no Jardim Bela Vista. Tanto o suspeito quanto o veículo foram encaminhados à Delegacia de Investigações Gerais. O veículo foi recolhido e o suspeito ficou à disposição da justiça.

NÚMEROS

Dos 35 veículos abordados, 21 eram de solicitações de delegacias, ou seja, veículos ou condutores envolvidos em algum crime. No comparativo com janeiro de 2020, o número é 33% superior. Na época, 14 veículos foram abordados e conduzidos às delegacias por suspeitas de práticas em delitos.

De acordo com o diretor da Unidade de Gestão de Segurança Municipal, Diógenes Torqueto Sallas, o crescimento dos números em 2021, se deve à ampliação do monitoramento com o aumento de número de câmeras do OCR em pontos estratégicos da cidade. "Em 2020, a Guarda Municipal realizou investimentos na ampliação de câmeras, além do remanejamento de equipamentos, o que nos trouxe números significativos nas apreensões", explica.

COMO FUNCIONA

Todos os carros que entram em Jundiaí são fotografados pelo sistema e a placa fica no banco de dados. Quando há registro de furto ou roubo, a Polícia Civil informa a placa e os dados são inseridos para identificação. Isso ajuda, inclusive, em investigações da Civil, que também pede auxílio à Corporação para abordar condutores de carros identificados como suspeitos de estarem sendo usados em crimes.


Notícias relevantes: