Polícia

Jato onde foram apreendidos 500kg de cocaína saiu de Jundiaí

O jato particular apreendido com cerca de meia tonelada de cocaína no Aeroporto Internacional de Salvador, na última terça-feira (9), saiu de Jundiaí


DIVULGAÇAÕ
POLICIA
Crédito: DIVULGAÇAÕ

 

O jato particular apreendido com cerca de meia tonelada de cocaína no Aeroporto Internacional de Salvador, na última terça-feira (9), saiu de Jundiaí.  A droga estava escondida e só foi localizada porque a aeronave precisou ser checada por mecânicos – o piloto acusou uma ocorrência de ‘alerta de pane’ durante o voo para a capital baiana. O destino final da viagem era a Europa.

Durante o voo, o piloto identificou um alerta de pane e precisou pousar em Salvador. Mecânicos inspecionaram o avião e acabaram encontrando parte da droga. A polícia foi chamada e, com o auxílio de peritos criminais federais e de cães farejadores, outros esconderijos foram localizados na carcaça da aeronave.

O jato pertenceria a uma empresa de Portugal que presta serviços de táxi aéreo no Brasil. Ainda conforme o portal, dados públicos mostram que a aeronave chegou ao Brasil dia 28 de janeiro, após sair do hangar de pintura em Portugal. A aeronave parou em Salvador (BA) e prosseguiu para Jundiaí.

Em nota, a PF confirmou a apreensão e informou que a droga foi encaminhada à Superintendência Regional da Polícia Federal. As investigações prosseguem para identificação dos responsáveis pela carga. Os responsáveis podem responder pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico, cujas penas somadas chegariam a 25 anos de reclusão. (com informações do portal Tribuna de Jundiaí)


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: