Polícia

Primeiro dia de toque de recolher resulta em prisão de jovem de 18 anos

O homem foi flagrado oferecendo bebida alcoólica a uma menor de 15 anos


Divulgação
De acordo com o artigo 243 do ECA, é crime vender ou fornecerbebida alcoólica a criança ou a adolescente.
Crédito: Divulgação

O primeiro dia do toque de recolher, imposto em todo o Estado de São Paulo, em Jundiaí contou com uma operação contra aglomerações e consumo de bebidas alcoólicas por menores de idade realizada pelo Juizado da Infância e da Juventude. Um jovem de 18 anos, morador de Várzea Paulista, foi flagrado pelos agentes oferecendo bebida alcoólica a uma menor de 15 anos, ontem (26) à noite.

O estudante e a menina estavam em uma praça entre a avenida Nove de Julho e a rua do Retiro, conhecida pela aglomeração de jovens aos finais de semana.

De acordo com a PM, centenas de adolescentes foram flagrados ali. Em dado momento, os representantes do poder Judiciário afirmam ter presenciado o estudante oferecendo bebida alcoólica à menor. A menina é namorada do rapaz e teria dito aos agentes que aceitou vodca com energético. Questionado, o estudante também teria confirmado a versão. Ao ser informado que estava preso, ele teria resistido e precisou ser contido e algemado pelos PMs.

O casal foi levado para o Plantão Policial na Avenida Nove de Julho e as famílias dos dois jovens
chamadas para acompanhar o indiciamento e prisão. Sem dinheiro para pagar a fiança de R$ 1 mil, o acusado permanecerá preso até a realização da audiência de custódia.

Durante a operação, os agentes do Juizado estiveram em frente ao JundiaíShopping, no estacionamento do Extra Centro, na praça atrás do Burger King da Nove de Julho e no estacionamento do Paço Municipal.

De acordo com o artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente, é crime vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar bebida alcoólica a criança ou a adolescente. A pena é a detenção de dois a quatro anos e multa, se o fato não constitui crime mais grave.

 


Notícias relevantes: