Polícia

Gerente de biqueira é preso por violência doméstica em Itupeva

De acordo com a vítima, ela vinha sendo mantida em cárcere privado e era constantemente agredida por ele


DIVULGAÇÃO
O homem foi preso por violência doméstica e porte de arma
Crédito: DIVULGAÇÃO

Uma mulher acionou a Polícia Militar, em Itupeva, após ter sido agredida com coronhadas no rosto, neste domingo (7). Ela relatou que vinha sendo mantida em cárcere privado pelo marido e que era constantemente agredida fisicamente. O homem foi preso por violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

De acordo com o relato da vítima aos policiais do 11º Batalhão de Polícia Militar do Interior, ela só conseguiu ligar 190 porque se aproveitou de um momento de distração dele.

A vítima também contou que o marido é gerente de um ponto de tráfico, na cidade, e extremamente violento. Quando foi abordado pela PM, o indiciado carregava uma pistola 380 mm com 8 munições na cintura. Em sua casa encontraram mais 28 munições e anotações do tráfico de drogas.

A mulher precisou ser encaminhada ao Hospital de Itupeva, devido aos ferimentos causados pela agressão. Já o agressor foi indiciado e encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista. Ele responderá pelos crimes preso.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: