Polícia

Serviço de apoio da GMJ cresce 148% em 2020 e segue alta em 2021

Ao todo, foram 1.270 ações do tipo em 2019 e 3.157 no ano seguinte. Já em 2021, de 1º de janeiro a 7 de abril foram 947 serviços de apoio a outras instituições


Divulgação
Uma das atividades mais intensas esse ano é a realização de barreiras
Crédito: Divulgação

O serviço de apoio a outras instituições públicas prestado pela Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) cresceu 148% em 2020. Ao todo, foram 1.270 ações do tipo em 2019 e 3.157 no ano seguinte. E a atuação continua com números expressivos em 2021: de 1º de janeiro a 7 de abril, a GMJ fez 947 serviços de apoio a outras instituições. 

Entre essas estão fiscalizações conjuntas com as polícias Militar e Civil, outras Guardas Municipais, Ministério Público, além de órgãos municipais como a Divisão de Fiscalização do Comércio e a Fumas (Fundação Municipal de Ação Social). Os dados são do setor de estatística da Unidade de Gestão de Segurança Municipal e estão disponíveis no Observatório Jundiaí.

Segundo o comandante da Guarda Municipal, Benedito Marcos Moreno, o trabalho está entre as atribuições da corporação e os números comprovam sua efetividade e importância ao lado de outros órgãos. “Temos estrutura, com profissionais treinados e preparados, além de um canil que sempre é chamado para ações importantes, como encontrar pessoas desaparecidas”, explica Moreno.

Ao longo de 2020 e 2021, a GMJ participou de diversas ações em conjunto com a Polícia Militar para coibir os chamados “pancadões”, festas com música alta e a céu aberto, comuns em alguns bairros da cidade. “Os pancadões eram uma reclamação constante da população e, além de causarem barulho e atrapalhar o descanso dos moradores do bairro, provocam aglomerações e risco de aumento de contaminação por coronavírus neste momento de pandemia”, pontua a gestora de Segurança Municipal, coronel Carla Basson.

Desde 1º de janeiro, já foram realizadas aproximadamente 40 operações para coibir pancadões, ao lado da PM. “É isso o que a população espera das forças de segurança, um trabalho atuante e que traz resultados”, finaliza Carla. A GMJ também tem feito barreiras sanitárias com abordagem educativa a motoristas.

No ano passado foram 384 ações de apoio à Fiscalização do Comércio, trabalho intensificado com a pandemia e voltado à orientação de comerciantes e clientes, sempre buscando aumentar a segurança.


Notícias relevantes: