Polícia

Ossos de pelo menos cinco pessoas são desenterrados em Jarinu

A Polícia Civil está investigando o caso como suspeita de homicídio, já que um dos corpos estava com as mãos amarradas


DIVULGAÇÃO
Ossos de pelo menos cinco pessoas são desenterrados em Jarinu após um trabalhador encontrá-los
Crédito: DIVULGAÇÃO

O funcionário de uma fazenda no bairro Bom Retiro, em Jarinu, encontrou ossadas enterradas em um terreno, no final da tarde desta segunda-feira (19). O homem acionou a Guarda Municipal de Jarinu, que levou o caso à Polícia Civil. Na manhã desta terça-feira (20), as ossadas de cinco pessoas foram desenterradas com a ajuda de uma retroescavadeira da prefeitura. A Polícia Civil está investigando o caso como suspeita de homicídio, já que um dos corpos estava com as mãos amarradas.

A princípio o trabalhador havia visto apenas os ossos de uma mão e acionado a GM. Equipes da Delegacia de Jarinu, comandadas pelo delegado Adalberto Ceolin, e da Polícia Científica foram acionadas e conseguiram identificar a presença de pelo menos dois esqueletos. 

Contudo, devido ao fato de que o local é de difícil acesso e que já era noite quando as equipes chegaram, as escavações foram adiadas para a manhã desta terça-feira. Até às 11 horas da manhã já haviam sido desenterradas as ossadas de cinco pessoas não identificadas.

Os ossos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal para análise e a Polícia Científica esteve no local para avaliar a cena.

Um dos esqueletos estava com as mãos amarradas, o que levou à suspeita de se tratar de homicídio. O delegado estima que os corpos tenham sido despejados ou mortos no local há pelo menos dois meses.

A investigação segue em andamento.


Notícias relevantes: