Polícia

Mãe e filho do PCC são detidos pela Dise em Jarinu

De acordo com denúncias, os dois tinham importância na organização criminosa


DIVULGAÇÃO
marcel
Crédito: DIVULGAÇÃO

A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Jundiaí (Dise) prendeu na última sexta-feira (4) uma mulher e o filho dela, na Vila Primavera, em Jarinu. Os investigadores chegaram ao local após denúncias de que ambos eram integrantes importantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) dentro do município.

Na casa da família havia4,5 kg de drogas, já fracionadas para a comercialização. O trabalho foi conduzido pelo delegado-titular da Dise, Marcel Fehr.

Com autorização dos residentes, os policiais entraram na casa para revista. No quintal, havia pedaços de madeira e alguns canos de PVC. Nestes tubos que era escondida a droga, crack, maconha e cocaína.

Verificando os celulares do adolescente e da mãe, os policiais descobriram que eles eram mensageiros do PCC no município e repassavam orientações à base menor da hierarquia da organização.

No guarda-roupa da mulher havia também cadernos com anotações contábeis do tráfico, além de nomes e números de telefones que serão investigados.

A mulher, que responderá portráfico de drogas, associação ao tráfico e organização criminosa, foi para a cadeia de Piracicaba. O adolescente foi conduzido para Atibaia.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: