Polícia

Em comemoração ao Dia de Proteção às Florestas, PM Ambiental deflagra operação "Curupira"

Participam das atividades, que se estendem até este sábado, mais de 1,2 mil militares, com apoio de 450 viaturas


Polícia Militar
PM Ambiental
Crédito: Polícia Militar

A Polícia Militar Ambiental deflagrou, na sexta-feira (16), a operação “Curupira” para combater crimes contra o meio ambiente em todo o Estado. A ação ocorre em comemoração ao “Dia de Proteção às Florestas”, celebrado hoje (17) – a mesma data que marca o “Dia do Curupira”, cujo personagem personifica misticamente o protetor das florestas contra degradadores criminosos.

Participam das atividades, que se estendem até este sábado, mais de 1,2 mil militares, com apoio de 450 viaturas, entre quatro rodas, náuticas e drones. As equipes realizam o policiamento ostensivo marítimo e terrestre com vistas aos infratores do meio ambiente, sobretudo aqueles que põem em risco a qualidade de vida, segurança e saúde Pública.

Além da ação operacional, a Instituição também lançará, neste sábado (17), a campanha “Polícia Militar Ambiental há 72 anos protegendo as Florestas”. A iniciativa será divulgada por meio das redes sociais para participação da sociedade.

Proteção às florestas

Atacar as Florestas significa atentar contra a vida do ser humano, visto que destrói fontes de água doce e com elas, tanto a fauna quanto a flora são afetadas. O desflorestamento fragiliza o solo, expondo-o à erosão, e leva ao aumento da temperatura, além de outras consequências negativas. Assim, também sofrem os animais silvestres, pois muitos dependem das florestas para assegurar sua sobrevivência.

A Mata Atlântica é um dos biomas mais ricos em biodiversidade, em São Paulo possui um índice de remanescentes de 32,6%, segundo o Inventário Florestal (2020) da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente. Entre as dezenas de Unidades de Conservação, a vertente atlântica apresenta as melhores condições de cobertura vegetal nativa e de áreas protegidas, com destaque para a Serra do Mar.


Notícias relevantes: