Polícia

PM Ambiental apreende 500 metros cúbicos de madeira e realiza 17 autuações durante operação

Ações ocorreram durante a primeira fiscalização do Procon-SP Ambiental, força-tarefa criada pelo Governo do Estado; oito estabelecimentos foram vistoriados, somando R$ 137 mil em multas aplicadas


Polícia Militar Ambiental
Madeira apreendida
Crédito: Polícia Militar Ambiental

A Polícia Militar Ambiental apreendeu 500 metros cúbicos de madeira, nesta sexta-feira (13), durante a primeira fiscalização do Procon-SP Ambiental, força-tarefa criada pelo Governo do Estado para combater a venda de madeira ilegal. A ação, que também contou com a participação de equipes do Procon-SP, foi nomeada de operação "Floresta Amiga"

Para as atividades foram mobilizados 60 militares e 20 fiscais do Procon-SP, com apoio de 30 viaturas. O foco das ações foram comércios que recebem madeira nativa nas regiões centro, sul, leste e oeste da capital paulista.

Como resultado, oito estabelecimentos foram vistoriados, grande quantidade de madeira apreendida e 17 Autos de Infração Ambiental (AIA) realizados, somando R$ 137 mil em multas.

Entre os desafios encontrados ao longo dos trabalhos, destaca-se a grande quantidade e espécies de madeiras encontradas nos locais fiscalizados.

“É uma atuação integrada voltada ao meio ambiente, fazendo uma frente de combate ao desmatamento irregular e clandestino, comércio e no transporte de madeira ilegal. A força do Procon-SP e a atividade da Polícia Ambiental já trazem os primeiros bons resultados ao Estado de São Paulo”, destacou o coronel Paulo Augusto Leite Motooka, comandante da Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo.

A proteção às nossas florestas deve acontecer todos os dias, seja também um cidadão protetor - junte-se a nós!

Para denunciar: www.procon.sp.gov.br/denuncia-ambiental/.


Notícias relevantes: