Polícia

40 explosivos são encontrados em Araçatuba após série de assaltos

Na manhã seguinte aos ataques, o movimento dos moradores na cidade ainda é pequeno


Divulgação
Criminosos invadem Araçatuba para assaltar bancos, fazem reféns e deixam três mortos
Crédito: Divulgação

Na manhã seguinte aos ataques a três bancos em Araçatuba, o movimento dos moradores na cidade ainda é pequeno. Isso porque a área central do município, onde estão localizadas as agências que foram alvos da quadrilha, segue interditada pela Polícia Militar e pela Guarda Municipal, devido a explosivos deixados pelos assaltantes, que portavam armamento pesado.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, 40 explosivos foram encontrados até o momento. Desses, 16 foram desarmados pelos policiais até a manhã de hoje.

Policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) continuam na cidade do interior paulista e logo cedo fizeram uma varredura na Praça Rui Barbosa e nas ruas próximas na tentativa de localizar artefatos deixados pelos bandidos.

O desarme está sendo feito agora pela manhã no aterro sanitário do município. O local foi escolhido por ser afastado da cidade e não levar risco a nenhum morador.

Depois que todos os artefatos forem detonados, uma nova vistoria será feita nas agências bancárias alvos da quadrilha. As ruas ao entorno das agências e locais como lixeiras e bueiros também serão vistoriados novamente.

Por causa da possibilidade de ainda haver algum explosivo que não foi encontrado, as aulas municipais e estaduais foram suspensas na manhã de hoje. Elas devem ser retomadas no período da tarde.

A população de Araçatuba viveu momentos e terror na madrugada de ontem com um mega-assalto a três agências bancárias.

Pelo menos 20 homens fortemente armados invadiram o município e durante a ação usaram ao menos dez moradores como escudo humano.

O empresário Renato Bortolucci, de 35 anos, e o professor de educação física Márcio Victor Possa da Silva, de 34, morreram na ação. Um suspeito de integrar a quadrilha também morreu.


Notícias relevantes: