Polícia

Região tem pelo menos cinco mortes no trânsito em 72h

TRAGÉDIA Das cinco mortes, quatro foram de motociclistas atingidos por veículos, sendo que em duas ocasiões os autores fugiram


DIVULGAÇÃO
Acidente envolvendo dois carros e uma motocicleta causou a morte de motociclista na Vila Argos, em Jundiaí
Crédito: DIVULGAÇÃO

Pelo menos cinco pessoas morreram em acidentes de trânsito na Região nas últimas 72 horas. Das cinco vítimas, quatro eram motociclistas.

Uma das mortes ocorreu na manhã desta segunda-feira (13), na Vila Argos, quando um motociclista de 32 anos colidiu com dois veículos.

A vítima sofreu o acidente de trânsito no cruzamento das ruas Prudente de Moraes X Pio XVII, na Vila Argos. Ele pilotava sua moto e se envolveu numa colisão contra dois carros. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a comparecer no local para tentar socorrer o motociclista, mas ele já havia falecido.

Ainda nessa segunda-feira, dois motoristas de veículos utilitários se envolveram em acidentes. Um deles colidiu contra um muro, no Jardim Santa Gertrudes.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem perdeu o controle da direção e bateu no muro de uma casa. Com o impacto, a frente do veículo ficou destruída.

O motorista ficou preso às ferragens e foi socorrido por uma equipe dos bombeiros com ferimentos graves.

O outro capotamento ocorreu na rodovia Anhanguera, na altura da Vila Rami. A vítima conseguiu sair sozinha pela janela do veículo.

FIM DE SEMANA

O jovem Henrique Franco de Morais Felix, de 21 anos, morador no Vale das Predas, em Itupeva, morreu na madrugada deste domingo (12). Ele pilotava sua moto quando foi atingido por um Kia Cerato, na avenida Emilio Checchinato, no Centro de Itupeva.

Segundo a Polícia Militar, populares ligaram para o telefone 190 informando o acidente de trânsito. Quando a viatura chegou ao local, só encontrou os veículos. O motociclista tinha sido socorrido por uma ambulância da Prefeitura ao Hospital Nossa Senhora Aparecida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o motorista fugiu do local.

Na rodovia Edgard Maximo Zambotto, outro motorista fugiu do local sem prestar socorro após atingir e matar um motociclista. O rapaz de 30 anos não resistiu aos ferimentos.

Outro motorista que presenciou o crime parou para ajudar e acabou sendo atingido por uma carreta. O carro foi danificado, mas o motorista passa bem.

O quarto motociclista que perdeu a vida foi um morador de Franco da Rocha de 43 anos que foi atingido na traseira por um carro. Segundo o condutor do outro veículo, ele tentou desviar mas colidiu mesmo assim. O bafômetro não acusou consumo de álcool.

Por fim, a quinta vítima do fim de semana foi um homem de 28 anos que morreu atropelado por um caminhão na rodovia Prefeito João Zachi, em Cabreúva, neste sábado (11).

IMPRUDÊNCIA

Além dos acidentes fatais, a imprudência de um condutor de 25 anos visivelmente embriagado deixou duas mulheres gravemente feridas em um acidente na rua 14 de Dezembro, neste domingo (12). Elas tiveram que passar por cirurgia no hospital. O autor do crime mal conseguia parar em pé e, por isso, foi preso em flagrante por guardas municipais. No Plantão Policial, a prisão foi mantida e o homem indiciado e encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

CAMPO LIMPO PAULISTA

Nessa semana outro motorista embriagado causou as mortes de duas crianças e ferimentos em outras seis pessoas na Estrada do Pau Arcado, em Campo Limpo Paulista. Ele foi preso em flagrante e posteriormente teve sua prisão convertida em preventiva. A Polícia Civil investiga o caso, já que testemunhas alegam que ele estava tirando racha com outro veículo. O motorista do outro veículo não foi identificado até o momento. 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: