Polícia

Região registra duas novas tentativas de feminicídio

VIOLÊNCIA Além disso, uma mulher precisou chamar a polícia porque o filho agressor estava descumprindo medida protetiva


TV Brasil
Pelo menos dois casos de tentativa de feminicídio e uma de violência doméstica foram registrados
Crédito: TV Brasil

Pelo menos três casos envolvendo violência doméstica e feminicídio foram registrados na Região desde o fim de semana. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, esse ano houve um feminicídio consumado na Região de Jundiaí entre janeiro e julho. No mesmo período do ano anterior foram quatro feminicídios registrados.

Em Jarinu, uma mulher de 47 anos foi esfaqueada em um bar. O autor do crime foi um conhecido que estava alcoolizado. A suspeita é que ela tenha negado alguma investida do homem.

Devido à gravidade do ferimento, a mulher teve de ser transferida para o centro cirúrgico do Hospital São Vicente, em Jundiaí, onde permanece internada.

Já o agressor foi preso pela Guarda Municipal de Jarinu e levado à delegacia, onde foi indiciado por tentativa de feminicídio.

RETALIAÇÃO

Um homem de 31 anos invadiu a casa da ex-esposa neste domingo (12) e a esfaqueou três vezes, nas costas, no peito e na cabeça. O criminoso está foragido e vem sendo procurado pela GM e PM em ação conjunta.

Desde o início do ano, quando ela pediu uma medida protetiva contra o ex, ele a vinha ameaçando de morte. Ela também cobrou pensão alimentícia, o que ele não aceitou.

O delegado da cidade, Ruiter Martins da Silva, chegou a comandar durante a semana uma operação 'Bom Dia Papai', em busca de ex-maridos e companheiros que não pagavam pensão alimentícia dos filhos. Foram 40 mandados de buscas emitidos pela Justiça.

MÃE PEDE SOCORRO

Uma mãe de 41 anos precisou chamar a polícia porque o filho de 22 anos pulou o muro e ameaçava entrar em casa.

Ela já tinha uma medida protetiva contra o criminoso que já a agrediu e ameaçou outras vezes. Como ninguém abriu a janela, o rapaz pegou algumas telhas e começou a quebrá-las.


Notícias relevantes: