Polícia

Ladrão procurado por latrocínio morre no hospital

Ele matou uma empresária durante roubo e foi baleado em tentativa de assalto a um agente penitenciário


Divulgação
A PC recebeu a informação do assassinato pelo comparsa
Crédito: Divulgação

O criminoso de 22 anos que participou na tentativa de roubo a agente penitenciário em Campo Limpo Paulista no início do mês morreu nesta quarta-feira (15), após quase duas semanas internado. De acordo com o titular da delegacia de Campo Limpo Paulista, Rafael Diório, ele era procurado pela prática de latrocínio.

Um comparsa do rapaz contou à Polícia que o jovem teria sido quem atirou na nuca e matou a empresária Marilda de Fátima Vieira Raphael, de 58 anos, durante roubo de moto em que ela estava no dia 25 de novembro de 2020, na Rodovia Edgard Máximo Zambotto, em Campo Limpo Paulista. Marilda era empresária muito conhecida em Várzea Paulista.

No dia 3 de setembro, ele participou de roubo de moto no bairro Campo Verde, em Campo Limpo Paulista. Mas a vítima de uma Hornet era agente penitenciário de Franco da Rocha, que estava armado e reagiu.

O ladrão e o comparsa ficaram feridos. O criminoso foi socorrido e encaminhado ao Hospital São Vicente de
Paulo, onde ficou internado e faleceu na manhã desta quarta-feira.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: