Polícia

Gate é acionado após PM encontrar explosivo em Jarinu

CRIMINALIDADE Pelo menos três roubos com criminosos fortemente armados foram registrados na cidade na última semana


Divulgação
Polícia Civil de Jarinu indicia dupla de ladrões que roubou casa essa semana, reconhecidos por roubo de 2020
Crédito: Divulgação

Pelo menos três roubos com bandidos fortemente armados foram registrados em Jarinu, na última semana. Dois criminosos foram presos. Eles também estavam envolvidos em um roubo ocorrido em 2020. Além disso, o Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) precisou ser acionado após policiais militares localizarem um carro com explosivo, no bairro Roseiral, em Jarinu, na madrugada desta sexta-feira (1).

O veículo, um Vectra, com placas de Itu, tinha sido roubado na cidade de Salto na quarta-feira (29). Segundo a PM, o carro estava com o motor quente, portas abertas e um celular no carregador quando foi localizado por uma equipe do 49º Batalhão de Polícia Militar do Interior.

No banco do passageiro havia um explosivo com detonador. O Gate foi acionado para desativar o explosivo.

OUTRO CASO

Também em Jarinu, a Polícia Civil solucionou dois roubos ao indiciar uma dupla de criminosos, essa semana.

O primeiro roubo ocorreu em janeiro de 2020 e teve grande repercussão pela violência, mas na ocasião a investigação não apontou os culpados. Essa semana outro roubo aconteceu e a Guarda Municipal de Jarinu conseguiu deter dois ladrões em flagrante.

Ao serem apresentados na delegacia, o delegado Adalberto Ceolin, titular da cidade, notou as semelhanças entre os crimes. A equipe de investigação, chefiada pelo investigador Almir Julio, acionou as vítimas que reconheceram sem sombra de dúvidas a dupla detida.

Os dois bandidos foram indiciados pelos dois crimes e permaneceram à disposição da Justiça.

ROUBO DE TRATOR

Um agricultor foi vitima de roubo na noite de quarta-feira (29) na Fazenda Santa Rosa, no bairro Campo dos Aleixos, em Jarinu. É o segundo caso em menos de uma semana. Nas duas ocorrências, os suspeitos estavam fortemente armados e fizeram os trabalhadores reféns.

HISTÓRICO

Pelo menos dois grandes assaltos foram registrados esse ano em Jarinu, sendo uma explosão de caixa eletrônico e uma tentativa de invasão a uma fábrica de metais, inclusive ouro, que terminou com carro queimado, tiroteio entre criminosos e policiais e perseguição.

A Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes também identificou uma célula ativa do PCC utilizando a cidade como base e distribuição do tráfico na Região. Em algumas operações diferentes, membros desse grupo foram presos por tráfico de drogas e indiciados.

Uma das razões destacadas para esse aumento da criminalidade na cidade é a falta de videomonitoramento. Questionada pelo Jornal de Jundiaí já em algumas ocasiões, a Prefeitura de Jarinu informou que estuda a implantação de videomonitoramento, mas sem data prevista.


Notícias relevantes: