Polícia

Polícia investiga golpistas que se passam por funcionários da prefeitura para coletar dados e assinaturas

Segundo a prefeitura de Campo Limpo Paulista, pelo menos cinco moradores procuraram a administração municipal para alertar sobre a tentativa do golpe


Divulgação
Polícia Civil de Itatiba prende bandidos que aplicavam golpes contra aposentados
Crédito: Divulgação

A Polícia Civil e a prefeitura de Campo Limpo Paulista estão investigando um golpe que está sendo aplicado na cidade, em que criminosos se passaram por funcionários da prefeitura para pegar dados e assinaturas de moradores.

Segundo a prefeitura, pelo menos cinco moradores procuraram a administração municipal para alertar sobre a tentativa do golpe.

De acordo com as vítimas, uma mulher bem vestida, dirigindo uma caminhonete, se apresentou como funcionária da prefeitura de Campo Limpo Paulista e pediu documentos e a assinatura das pessoas abordadas. Como eles não tinham dívidas com a prefeitura, não assinaram.

É o caso de uma comerciante de 41 anos, que preferiu não se identificar. Ela diz que foi procurada no antigo endereço por esta mulher. A vítima procurou o setor de dívida ativa do Executivo e descobriu que tudo não passava de uma tentativa de golpe.

"Fiquei bem assustada, porque hoje em dia são tantos golpes, né? E a pessoa saber onde eu moro, ou morava, enfim. Pediu para eu procurar, né? Um departamento onde não era para eu procurar. Isso que eu não entendi, que até agora eu estou um pouco confusa. Então, fiquei assustada, sei lá, medo de sequestro, um golpe, ou alguma coisa nesse sentido", diz.

A Prefeitura registrou um boletim de ocorrência na delegacia. O delegado de Campo Limpo Paulista, Rafael Diório, diz que a Polícia Civil vai investigar o caso e, se por acaso, alguém passou algum documento pessoal ou fez alguma assinatura, a orientação é procurar a delegacia.

"Todas essas denúncias referentes a supostos funcionários da prefeitura que são identificados como tal serão apurados em conjunto também na delegacia de Polícia Civil para apurar se tratam dos mesmos autores ou de autores diversos que acabam comparecendo no nosso município", explica.

O chefe de gabinete, Leandro Bizetto, explica que a prefeitura está no período de negociação para pagamentos de tributos atrasados, mas que não vai na casa de nenhum contribuinte. "O atendimento da população é feito de forma presencial dentro do paço municipal", diz.

O agendamento para este atendimento pode ser feito pelo site da prefeitura ou por um dos telefones e e-mails oficiais daqui do município.


Notícias relevantes: