Polícia

Marido avisa que vai matar a esposa ao sair da cadeia

Um homem de 40 anos, do Jardim Diamante, na cidade de Louveira, foi preso pela Guarda Municipal depois de agredir a esposa, de 36 anos, com socos e puxões de cabelos


Divulgação
Marido avisa que vai matar a esposa ao sair da cadeia
Crédito: Divulgação

Um homem de 40 anos, do Jardim Diamante, na cidade de Louveira, foi preso pela Guarda Municipal depois de agredir a esposa, de 36 anos, com socos e puxões de cabelos, além de tentar jogar uma panela com água fervendo na vítima. Levado ao Plantão da Polícia Civil, o autor disse que vai matar a esposa quando sair da cadeia.

A mulher relatou aos guardas municipais que vem sofrendo violência doméstica há muito tempo. Uma vizinha disse que a próxima vez que ela fosse agredida chamaria a polícia.

No final de semana houve nova discussão e a mulher agredida. Ela mandou o marido embora de casa e ele foi até um bar, onde consumiu bebida alcóolica.

A mulher contou para a vizinha o que aconteceu e disse que tinha certeza de que iria ‘apanhar’ quando ele voltasse para casa.

A vítima relatou ao guardas que foi justamente isso que aconteceu. Os vizinhos chamaram a Guarda.

Quando a viatura chegou, o marido mandou ela colocar um ‘óculos escuro’ para esconder os hematomas no olho.

Os guardas insistiram e a mulher relatou todo o drama que vem sofrendo.

Na Delegacia, a vítima pediu Medida Protetiva da Justiça com urgência e proteção, porque o marido avisou que vai matá-la quando sair da cadeia.


Notícias relevantes: