Polícia

Tio, sobrinho e mulher são presos por manter plantio de maconha em imóvel no litoral

Ao todo, 70 pés da droga foram apreendidos na ação, ocorrida em Santos; flagrante foi realizado pela Deic local


Divulgação
Tio, sobrinho e mulher são presos por manter plantio de maconha em imóvel no litoral
Crédito: Divulgação

A Polícia Civil apreendeu, na última sexta-feira (22), 70 pés de maconha que eram cultivados em um imóvel na cidade de Santos, no litoral sul de São Paulo. Na ação, três pessoas, entre 24 e 60 anos, foram presas.

O flagrante foi feito por uma equipe da 2ª Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da cidade, durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão, expedidos após apurações sobre o plantio de maconha para posterior comercialização.

Primeiro, os policiais foram até um apartamento na rua Tocantins, no bairro Gonzaga, onde foram recebidos por um homem e uma mulher, ambos de origem portuguesa. No local, após vistoria, foram encontrados objetos utilizados no consumo de drogas e uma porção de maconha.

Questionado, sobre o segundo endereço, também alvo das ordens judiciais, o casal primeiro alegou desconhecer o imóvel, mas depois acabou confessando a existência de um plantio para cultivo de maconha no local.

Diante da informação, os agentes foram até o segundo endereço, localizando estufas com mudas da droga na sala e cozinha e o plantio de outros pés em três dormitórios e na área externa. Em um outro cômodo foi encontrado o sobrinho do homem.

Ao todo, a ação resultou na apreensão de 70 pés de maconha, que somaram 23,7 quilos, além de uma balança, três celulares, insumos e anotações.

Exames periciais foram solicitados e o trio alegou que o plantio era para consumo próprio. Os três envolvidos foram presos em flagrante por tráfico de drogas.


Notícias relevantes: