Polícia

Quatro homens são presos em central de golpes bancários

Flagrante ocorreu em Mongaguá, no litoral de São Paulo; detenções foram feitas por agentes da Deic de Santos


Divulgação
Quatro homens são presos em central de golpes bancários
Crédito: Divulgação

A Polícia Civil prendeu quatro homens, entre 24 e 41 anos, em uma central de golpes bancários, que funcionava em um imóvel localizado no Balneário Santa Eugênia, em Mongaguá, no litoral sul de São Paulo. A ação ocorreu nesta terça-feira (26).

O flagrante foi realizado por agentes da 1ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da cidade, durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão expedidos durante apurações de crimes, como tráfico e associação para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Antes da central ser localizada, os policiais cumpriram ordens judicias em dois endereços – rua Marcílio Dias Horneaux, em São Vicente, e na rua Guaianazes, em Praia Grande. Nesses locais, foram apreendidos três celulares, seis cartões bancários, um notebook, seis relógios de pulso, uma porção de maconha, documentos e um carro modelo Honda/Civic.

Em continuidade às diligências, a equipe se deslocou para a avenida Cidade de Santos, em Mongaguá, onde encontrou uma central clandestina de acesso aos sistemas informatizados de instituições financeiras.

Neste último local, quatro homens foram presos e, após questionados, confessaram que pretendiam praticar crimes de estelionato. No espaço, diversos equipamentos foram apreendidos, os quais exibiam em suas telas imagens com dados de correntistas e informações bancárias.

Exames periciais foram solicitados e o grupo levado à unidade especializada, onde foi indiciado pelos crimes de associação criminosa e estelionato.

As investigações prosseguem para identificar possíveis vítimas de golpes aplicados por esses criminosos.


Notícias relevantes: