Polícia

Clínica clandestina é interditada em Valinhos


Divulgação
Após a interdição, as pacientes foram transferidas para outras clínicas
Crédito: Divulgação

Nesta quinta-feira (28), a Prefeitura de Valinhos, em ação conjunta com a Guarda Civil Municipal, Vigilância Sanitária, Polícia Civil, Perícia e a Assistência Social, interditou uma clínica clandestina de reabilitação para dependentes químicos e pacientes com transtornos psiquiátricos, localizada no bairro Fonte Mécia.

Além de não possuir documentação que regulamentasse o seu funcionamento, a clínica também não tinha condições adequadas para receber internos. Um boletim de ocorrência foi registrado e a responsável pelo local foi encaminhada à delegacia para prestar esclarecimentos, já a clínica foi totalmente interditada.

De acordo com a Vigilância Sanitária, no local, foram constatadas 11 pacientes, que estavam internadas para realização de tratamento psiquiátrico ou de dependência química. No entanto, a clínica não contava com equipe de médicos e enfermeiros aptos para acompanhar o tratamento. Também não foram encontrados prontuários e outros documentos necessários para identificação das internas e realização do protocolo de tratamento. As pacientes não apresentavam sinais de maus-tratos.

Após a interdição do local, as pacientes foram transferidas para outras clínicas devidamente licenciadas ou retornaram para casa, sob os cuidados das famílias. A Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária acompanharam todo o processo de transferência, oferecendo suporte necessário às internas.

Fonte: Folha Notícias


Notícias relevantes: