Polícia

Pai de menino desaparecido em Belfort Roxo (RJ) entrou no tráfico por vingança, diz PM

Segundo a polícia, ele teria entrado para o grupo para vingar o desaparecimento do filho


O pai de um dos três meninos desaparecidos no início do ano em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, foi preso na sexta-feira (29) junto com outros integrantes de uma facção responsável pelo tráfico de drogas na comunidade das Palmeiras.

Segundo a polícia, ele teria entrado para o grupo para vingar o desaparecimento do filho. Anderson de Jesus é pai de Lucas Matheus, de 9 anos, que desapareceu junto com Fernando Henrique, 11, e Alexandre da Silva, 10, no dia 27 de dezembro.

Segundo informações do jornal Extra, ele foi preso junto com mais outras seis pessoas.

O delegado José Mário Salomão, da 54ª (Belford Roxo), disse que Jesus entrou para a facção rival da que é apontada como responsável pelo desaparecimento dos meninos e que ele tinha como objetivo "obter informação de quem foi o executor do filho".

Os três garotos foram vistos pela última vez em uma feira livre no bairro de Areia Branca, também em Belford Roxo.

Em novembro deste ano, a Polícia Civil do Rio identificou criminosos suspeitos de envolvimento na morte dos três meninos. Os traficantes são da comunidade do Castelar, onde os garotos moravam. No entanto, os nomes dos suspeitos não foram divulgados.

Apesar de a polícia trabalhar com o fato de as crianças estarem mortas, os corpos não foram encontrados. Uma testemunha chegou a dizer que os meninos foram arremessados em um rio de Belford Roxo ?buscas foram realizadas, mas nada foi encontrado.

As famílias das crianças dizem acreditar que os meninos estão vivos.


Notícias relevantes: