Polícia

Explosão em prédio no Cidade Jardim deixa seis pessoas feridas

Segundo os moradores a explosão foi ouvida de longe e várias janelas foram arrancadas com o impacto entre o segundo e terceiro andar do prédio


Divulgação
Explosão de apartamento no Condomínio Azaléia deixa nove pessoas feridas
Crédito: Divulgação

A explosão de um apartamento no Condomínio Azaléia, no Cidade Jardim, em Jundiaí, deixou seis pessoas feridas, segundo as primeiras informações do Corpo de Bombeiros.

Entre os feridos, duas em estado grave, entre elas uma criança, além de outras por inalação de fumaça. Outras três pessoas foram atendidas e liberadas no local.

Todos os moradores deixaram o prédio e agora aguardam o que a Defesa Civil irá determinar.

Segundo os moradores a explosão foi ouvida de longe e várias janelas foram arrancadas com o impacto entre o segundo e terceiro andar do prédio.

O que se sabe é que uma mulher realizava a limpeza do sofá com um produto altamente inflamável no segundo andar e, quando uma mulher acendeu o fogão ocorreu a explosão.

O comandante da Defesa Civil, coronel João Osório Gimenez Germano, disse que após o trabalho dos bombeiros será feita avaliação do prédio.


Prédio interditado 

O coronel João Osório Gimenez Germano, diretor da Defesa Civil de Jundiaí, anunciou a interdição total do Edifício Azaleia, do condomínio Cidade Jardim. Os moradores dos 120 apartamentos devem retirar os objetos pessoais e ficar na casa de parentes, até a reforma de todos os itens de segurança, que podem estar comprometidos.

O coronel disse que a estrutura do prédio está boa. Mas a equipe técnica com engenheiros avaliou que houve danos às redes de energia elétrica, hidráulica, de gás e não se sabe as condições do que não está "aparente".

A interdição total é uma medida de prevenção, para evitar que ocorram novos incêndios. Não há prazo para conclusão dos serviços de reparos e liberação do prédio.

Representantes da construtora compareceram ao local e projetistas serão acionados para averiguação da extensão dos danos na torre. A causa do acidente será investigada pelas autoridades locais, mas há suspeita de que o acidente tenha sido provocado pela higienização de um sofá com produto químico.

Mais informações ao longo do dia.


Notícias relevantes: