Polícia

Policial Civil tenta matar ex-companheira grávida com facadas

A mulher está com nove semanas de gestação, esperando um bebê do autor do crime, mas eles se separaram porque o homem é violento e a agredia sempre


Divulgação
Divisão de Crimes Cibernéticos da Polícia Civil
Crédito: Divulgação

Um policial civil de Itupeva, que trabalha na Capital, desferiu sete facadas contra a ex-companheira, no bairro Monte Serrat, neste segunda-feira (15). A mulher, que está grávida de nove semanas, foi levada ao pronto socorro, mas precisou ser transferida ao Hospital São Vicente logo em seguida.

Enfermeiras do Hospital Nossa Senhora Aparecida que solicitaram a presença da Guarda Municipal no local e, ao chegarem, os guardas viram que a mulher tinha sofrido a tentativa de feminicídio.

A mulher está com nove meses de gestação, esperando um bebê do autor do crime, mas eles se separaram porque o homem é violento e a agredia sempre. A vítima relatou que o homem estava em um churrasco, muito agressivo, e em uma discussão, pegou a faca e atingiu a vítima várias vezes na barriga. Ele fugiu enquanto ela era socorrida.

A delegada do Plantão Policial de Jundiaí pediu que a Polícia Científica fosse ao local, mas os agentes não conseguiram provas suficientes. O boletim de ocorrência foi feito e o acusado, que mandou o advogado até a delegacia, disse que vai se apresentar à Corregedoria da Polícia Civil em São Paulo.

Em nota, os Guardas Municipais Subinspetor Dimas e GM Moraes informam que encontravam-se em serviço e foram solicitados via controle para atendimento de uma ocorrência no Hospital de Itupeva, onde havia uma vítima ferida por arma branca.


Ao chegar no local conversaram com a vítima Kelly, grávida de nove semanas e
recebia atendimento médico na sala de emergência, apresentando 07 (SETE) perfurações causadas por arma branca, cujo suspeito tratava-se do namorado dela de nome Thiago Luiz Zan.


Segundo relato da vítima, o autor é policial civil e trabalha no 42 Distrito Policial de São Paulo (Pq São Lucas). Na data de hoje ambos estavam participando de um churrasco no local dos fatos e Thiago teria feito uso de substância entorpecente manifestando comportamento agressivo e muito alterado muniu-se de uma faca e desferiu os golpes na vítima sendo localizados na barriga, nos braços, e o objeto ficou alojado nas costas e após evadiu-se tomando rumo ignorado. Consignou ainda a vítima que foi amasiada com Thiago por algum tempo e que já havia sido agredida anteriormente motivo pelo qual separou-se recentemente.

A vítima foi transferida para o Hospital São Vicente de Paulo, localizado na cidade de Jundiai ainda consciente. A Autoridade Policial Dra Aline cientificada dos fatos, deliberou pelo presente registro. A equipe de plantão compareceu no local dos fatos, onde foi constatado que não havia campo para perícia, pois estava prejudicado. Expedida a Requisição de IML para a vítima e demais peças correlatas.


Notícias relevantes: