Polícia

São Paulo atende cerca de 5 mil idosos vítimas de violência durante a Operação Vetus II

Além das vítimas, foram detidos agressores e solicitadas medidas protetivas


Divulgação
São Paulo atende cerca de 5 mil idosos vítimas de violência durante a Operação Vetus II
Crédito: Divulgação

A Polícia Civil do Estado de São Paulo atendeu 4.975 idosos vítimas de violência durante a operação nacional intitulada de “Vetus II”, que teve início no dia 15 de outubro e foi finalizada ontem (18). A ação, coordenada e articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), ocorreu em 25 estados e no Distrito Federal.

No território paulista, além dos atendimentos às vítimas, foram detidos 163 agressores, solicitadas 356 medidas protetivas, apuradas 3.580 denúncias do Disque 100, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, e de canais locais, e instaurados 763 inquéritos policiais.

No período também houve o resgate de 10 idosos e 2.505 visitas a abrigos e residências de vítimas. Somado a isso, foram registrados 448 casos de apreensão de drogas e recolhidas 13 armas brancas e sete armas de fogo.

A atuação ao longo da operação faz parte de uma atenção contínua dos estados para a proteção dos idosos, sendo que a violência contra esse público é crime e pode ter pena de dois meses a um ano de reclusão, além de multa.

No estado de São Paulo, a preocupação com a pessoa idosa resultou na criação de Delegacias de Polícia de Proteção ao Idoso – as chamadas DPPIs. Nessas unidades especializadas, são atendidos, preferencialmente, crimes com vítimas com idades igual ou superior a 60 anos, de acordo com o previsto no Estatuto do Idoso e no Código Penal e Lei de Contravenções Penais – nos últimos dois casos quando houver violência contra o idoso.

A criação de uma delegacia especializada voltada ao atendimento a esse público se deu pelo fato das vítimas necessitarem de um acolhimento diferenciado e estruturado. As equipes policiais que atuam em DPPIs são especialmente selecionadas com base no perfil do público a ser atendido, com o objetivo de humanizar o atendimento.


Notícias relevantes: