Polícia

Mulher grávida é presa no São Camilo

Ela confessou que a residência era ponto de produção de distribuição dos entorpecentes


DIVULGAÇÃO
Várias viaturas participaram do cerco para prender o idoso que, no DP, negou que tenha cometido o crime
Crédito: DIVULGAÇÃO

Uma mulher de 23 anos, grávida de oito meses, foi presa no São Camilo, em Jundiaí, por armazenar drogas em casa.

Uma equipe da Polícia Militar fazia um patrulhamento pelo bairro quando avistou um homem com atitude suspeita. Ele carregava uma mochila e a abandonou, fugindo através de uma escadaria. Os policiais correram atrás do homem e a mulher grávida tentou impedi-los, por se tratar de seu marido, que havia sido solto da cadeia há três meses.

Na casa da mulher havia um depósito de drogas, uma réplica de arma de fogo e dinheiro. Ela confessou que a residência era ponto de produção de distribuição dos entorpecentes.

A jovem foi presa e levada ao Plantão Policial. O delegado Luiz Gustavo de Almeida Scaff determinou que ela fosse encaminhada à cadeia de Itupeva, onde deve aguardar decisão judicial. A mulher disse que a droga não era dela.


Notícias relevantes: