Polícia

Cinco casos de violência contra a mulher foram registrados

FINAL DE SEMANA Em Jundiaí, PMs prenderam um homem de 45 anos que agrediu a esposa com um golpe de facão


 DIVULGAÇÃO
O feriado de Natal foi marcado por episódios de violência contra a mulher
Crédito: DIVULGAÇÃO

O feriado de Natal foi marcado por episódios de violência contra a mulher. Foram pelo menos cinco casos contabilizados em Jundiaí e Várzea Paulista.

Em Jundiaí, policiais militares prenderam um homem de 45 anos que agrediu a esposa, de 41, com um golpe de facão. Ele acertou o braço dela com a lâmina e quebrou o celular da vítima.

O homem relatou aos policiais que vem sofrendo pressão no trabalho e descontou na esposa. Ao chegar em casa, nervoso, ele agrediu a mulher verbalmente e quebrou o celular dela antes de partir para a agressão física. Ela foi vítima de socos, chutes e o golpe de facão.

A mulher foi socorrida e precisou receber pontos no braço. O agressor, que já havia agredido a esposa outras vezes, foi levado para o Plantão Policial e teve a prisão determinada.

BRIGA DE IRMÃOS

Um homem de 32 anos foi preso em flagrante, na tarde de sábado (25), em Jundiaí, ao tentar matar a irmã a facadas, após agredi-la violentamente.

Segundo boletim de ocorrência houve uma discussão e o autor, que estava embriagado, se armou com duas facas e foi no quarto da irmã, tentando agredi-la.

A mulher foi para a cozinha e ele passou a dar socos no peito dela, tentou enforcá-la, jogou-a no chão puxando seus cabelos e deu vários chutes. Onde só foi contido pelo marido da vítima.

A Guarda Municipal compareceu à residência para conter a situação. Ao chegar lá, o rapaz estava com uma corda no pescoço, numa ação que parecia tentar o suicídio. Os guardas, no entanto, conseguiram conter o agressor e o encaminharam para a delegacia.

VÁRZEA PAULISTA

Um homem de 42 anos foi preso pela Polícia Militar de Várzea Paulista, após agredir a esposa. A mulher foi agredida com soco no rosto, após uma discussão.

Ela ligou para os filhos pedindo socorro e, quando um deles chegou, encontrou o companheiro da mãe armado com um facão e usou pedaço de pau para desarmá-lo, ligando para a Polícia Militar.

O autor se defendeu para os PMs, alegando que houve discussão com a companheira. Ele levantou o braço e a atingiu no rosto com o seu relógio. Ao se deitar ouviu barulho na porta e se armou com facão, sendo desarmado pelo enteado.

O autor foi preso em flagrante e o rapaz foi liberado, por agir em legítima defesa da mãe.

AGRESSÃO

Uma jovem de 27 anos, moradora no Jardim América, em Várzea Paulista, apanhou do marido de 28 anos, enquanto tentava fugir de casa.

A vítima levava suas duas filhas quando apanhou com golpes de socos do marido. Após ser agredida com a chave do carro no braço, ligou para um parente pedindo socorro.

Durante a ocorrência, os policiais Prado e Débora atenderam a vítima, levando-a para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) para ser medicada. O homem conseguiu fugir.


Notícias relevantes: