Polícia

Receita Federal apreende cocaína em teto de contêiner vindo do exterior

Apreensão foi a primeira realizada pela equipe da Receita Federal este ano no porto de Santos


Divulgação
Receita Federal apreende cocaína em teto de contêiner vindo do exterior
Crédito: Divulgação

A Receita Federal apreendeu, nesta terça-feira (4/1), 59 kg de cocaína escondidos no teto de um contêiner no porto de Santos. Ao contrário da maioria das apreensões de cocaína realizadas pela Receita Federal no porto, esta aconteceu com o contêiner entrando no País. A droga estava oculta em um contêiner vazio proveniente do porto da Filadélfia, nos Estados Unidos.

A Receita Federal ressalta que 100% das unidades de carga que entram no País pelo porto de Santos são escaneadas, o que proporciona mais agilidade e segurança nas operações de comércio exterior, pois facilita a repressão de ilícitos como este e possibilita que cargas legítimas sejam liberadas em menor tempo.

Entenda como a droga foi localizada

No caso da apreensão ocorrida na tarde de hoje, a imagem de escâner apontou diferença em parte do teto do contêiner, despertando suspeitas na equipe de análise de riscos nas operações de importação e exportação da Alfândega da Receita Federal em Santos.

Mesmo com o contêiner vazio, foi realizada inspeção com o cão de faro Uruk, da Receita Federal, que sinalizou positivamente para a presença de drogas quando entrou no interior do contêiner, conforme vídeos disponibilizados no link ao final deste texto.

Após a indicação do cão de faro, foram feitos furos no teto do contêiner, pela parte de fora, retirando-se uma pequena amostra de pó branco, que testou positivo para cocaína.

Retirado o forro do contêiner, foram localizados, em meio à camada de isolamento térmico, diversos tabletes de cocaína, que totalizaram 59 kg.

A droga interceptada pela Receita Federal foi entregue à Polícia Federal para armazenamento, guarda e prosseguimento das investigações a partir das informações fornecidas pela Receita Federal.


Notícias relevantes: