Polícia

Homem é detido suspeito de agredir a ex-esposa em Jundiaí

A vítima contou que o ex-marido pulou o portão para invadir a casa e a agrediu


Divulgação
Os PMs disseram que, de longe, dava para ouvir os gritos da mulher
Crédito: Divulgação

Por Fábio Estevam - Um homem foi detido por policiais militares do 11º Batalhão na madrugada deste sábado (14), no bairro Almerinda Chaves, em Jundiaí, suspeito de agredir a ex-esposa. No Plantão Policial, porém, por entender que não havia provas de que o crime tinha sido cometido, mas que ainda assim o caso merecia ser investigado, o delegado então indiciou o homem e o liberou para ser investigado em liberdade.

Os soldados Bento e Juliane foram informados via rede sobre um caso de violência doméstica em andamento. Os agentes foram rapidamente para o local, onde, segundo eles, da esquina da rua já dava para ouvir gritos de socorro da mulher.

Em contato com a vítima, ela contou aos militares que seu ex-marido, após pular o muro da residência, teria lhe agredido por diversas vezes, com golpes na cabeça, braços e costela, além de tê-la ofendido e a ameaçado de morte.

Diante disso, ambos foram conduzidos ao Plantão Policial e ouvidos pelo delegado. Segundo apurou a reportagem, o plantonista decidiu por indiciar o suspeito por lesão corporal e violência doméstica, mas o liberou porque, apesar de a mulher dizer que foi agredida, o ex-marido negou as agressões – a vítima também não tinha marcas de agressão (o homem, tinha), e não havia testemunhas.

O caso deve ser investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Participaram da ocorrência o sargento Bastos, cabo Miguel e soldado Gonzaga.


Notícias relevantes: