Polícia

Mulher tenta entrar com droga na calcinha no CDP de Jundiaí

A droga, que possivelmente seria entregue a um preso, foi detectada pelo scaner


Jornal de Jundiaí
A mulher recebeu voz de prisão e foi levada ao Plantão Policial, de onde saiu presa para a cadeia de Itupeva
Crédito: Jornal de Jundiaí

Por Fábio Estevam - Uma mulher de 22 anos foi presa neste fim de semana tentando entrar com droga no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Jundiaí. A droga foi detectada durante a passagem pelo scaner.

A mulher estava no CDP para visitar um preso. Submetida ao scaner, o aparelho acusou uma imagem suspeita nas partes intimas. Questionada, ela disse que havia colocado um papel na calcinha, porque estava menstruada.

Os agentes então a levaram para um banheiro para uma revista. Nervosa com a situação, ela entregou um pano aos agentes.

Ao retornar para o scaner, ela deixou cair no chão um invólucro contendo maconha, que possivelmente entregaria a um preso.

Ela então recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Plantão Policial, onde teve voz de prisão ratificada. O documento foi encaminhado à Justiça - para audiência de custódia -, acompanhado de um pedido do delegado para que o flagrante seja convertido em preventiva. Desta forma, ela aguardaria, presa, as investigações da Polícia Civil quanto ao crime de tráfico de drogas e à ligação dela com a pessoa para quem entregaria o entorpecente.

A presa foi encaminhada à Cadeia Pública de Itupeva.


Notícias relevantes: