Polícia

Ladrão com quase 60 passagens por furto é preso de novo e fica na audiência de custódia

O homem chegou a correr para fugir por uma área de mata, mas acabou alcançado e preso


Divulgação
O veículo já estava sendo as quatro rodas e várias peças, que ele já havia retirado e colocado em uma mochila
Crédito: Divulgação

Por Fábio Estevam - Um homem com 56 prisões por furto foi preso, de novo, nesta quarta-feira (1), no Distrito Industrial de Jundiaí, enquanto desmontava um veículo furtado em uma estrada de terra em local ermo em meio a uma área de mata. A 57ª prisão do criminoso foi efetuada por policiais militares da 2ª Cia do 11º Batalhão.

Durante audiência de custódia, realizada na manhã desta quinta-feira (2), ele teve o flagrante convertido em prisão preventiva e ficará recluso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Jundiaí até novo pronunciamento da Justiça.

A NOVA PRISÃO
Os soldados Juliane e Bento faziam patrulhamento na área da 2ª cia, quando foram acionados pelo Centro de Operações da PM (Copom) para averiguação de uma situação suspeita em que um veículo furtado estaria abandonado em uma estrada de terra com acesso à rua Wilhelm Winter, no Distrito Industrial.

Suspeitando de que ainda poderia haver algum criminoso no carro ou nas proximidades, os agentes se aproximaram de mansinho com a viatura e sem sinais sonoros ou luminosos, conseguindo flagrar um homem ao lado do veículo. Foi então que eles aceleraram, momento em que o suspeito os viu e correu para a mata.

Os PMs desembarcaram e foram no encalço, conseguindo detê-lo após alguns metros de corrida.

Em uma bolsa que ele havia abandonado estavam várias peças do carro que ele havia retirado. O veículo, inclusive, já estava sem as quatro rodas e as portas abertas. Em consulta aos dados do automóvel, constou que havia sido furtado também nesta quarta-feira, no período da manhã.

Mas a surpresa maior foi o resultado da consulta aos dados do homem preso, que constou as 56 passagens por furto.

Diante dos os fatos, ele foi conduzido até o 5° DP, onde o delegado Marcos Luchesi Farias ratificou voz de prisão por furto, permanecendo o indiciado a disposição da Justiça para a audiência de custódia que ocorreu na manhã desta quinta-feira, quando teve decretada sua prisão preventiva.

Participaram da ocorrência no apoio as seguintes equipes: 1º tenente Fabrega e soldados Ramires e Tucunduva (Comando de Força Patrulha); 1º sargento Bastos, cabo Miguel e soldado Gonzaga (Comando de Grupo Patrulha); cabo Garcia e soldado Fernandes; além uma equipe de Ronda Ostensiva Com Apoio Motocicletas (Rocam) e duas de Força Tática.


Notícias relevantes: