Polícia

'Reis da bola' são presos durante operação em Jundiaí

Foram apreendidas drogas, munições e simulacros de arma de fogo em dois bairros


DIVULGAÇÃO
Os celulares apreendidos serão periciados e as investigações continuam para prender outros traficantes
Crédito: DIVULGAÇÃO

Por Fábio Estevam - A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) apreendeu drogas e munições e prendeu dois suspeitos de tráfico de entorpecentes em Jundiaí, na manhã desta sexta-feira (3), durante a operação ‘Reis da Bola’ – nome dado pelos criminosos a um grupo de WhatsApp, que serve para eles se comunicarem sobre a chegada de viaturas nos bairros onde existe o tráfico e também para trocarem informações sobre prisões de traficantes, alertando os demais para possíveis futuras investigações. A operação contou com apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

O grupo de WhatsApp foi descoberto pela Dise durante algumas prisões anteriores de ‘pequenos’ traficantes. No celular desses criminosos, pertencentes a quadrilhas de bairros diferentes, os policiais suspeitaram que eles faziam parte desse mesmo grupo, chamado Reis da Bola. A princípio, achou-se que poderia se tratar de algo relacionado a futebol. Mas ao investigar, a Dise descobriu que o nome era justamente para despistar a Polícia, mas que na verdade se tratava de um canal de comunicação entre eles, avisando da chegada de viaturas e também sobre suspeitas sobre investigação.

A operação teve como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão domiciliar no combate ao tráfico e organização criminosa. Os trabalhos começaram nas primeiras horas da manhã, com o emprego de mais de 20 investigadores em nove viaturas, que rumaram para quatro residências em dois endereços; avenida José Benasse, no Jardim Novo Horizonte (Varjão), e rua Pedro Latance, no Jardim São Camilo.

Durante a operação duas pessoas, integrantes do grupo, foram presas por tráfico, associação ao tráfico e receptação. Foram apreendidos mais de 1,5 kg de maconha e outras drogas, além de seis munições de calibre 7.62, três munições calibre 38, celulares e simulacros de pistolas.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: