Polícia

Força Tática acaba com desmanche de motos roubadas

Dois homens foram presos e muitas peças de motocicletas roubadas foram apreendidas


Divulgação
Os PMs da Força Tática chegaram ao local após denúncia
Crédito: Divulgação

Por Fábio Estevam - Policiais militares do 1º Pelotão de Força Tática estouraram um desmanche clandestino de motos roubadas, que funcionava em um barraco na Vila Real, em Várzea Paulista, na noite desta terça-feira (7). Dois homens foram presos.

Os PMs 1º tenente Luís Carlos e soldados Abrantes e Amaro faziam patrulhamento pelo bairro, quando foram interceptados por uma pessoa, na rua, que preferiu não se identificar, informando que em uma casa na rua Ilha Bela havia alguns homens desmontando uma motocicleta, provavelmente produto de roubo.
Enquanto se deslocava até o local ara averiguação, os PMs solicitaram apoio. Ao chegarem, os militares flagraram um homem desmontando uma motocicleta e, quando se preparavam para abordá-lo, outro homem saiu da residência e também foi abordado.

Este último, ao sair do barraco, deixou a porta aberta, o que permitiu que os policiais conseguissem visualizar, do lado de dentro, várias peças espalhadas pelo chão. O número do chassi da moto que estava sendo desmontada foi consultado e constou como produto de roubo, o que fundou suspeita nos agentes sobre as peças que estavam dentro da casa.

Os suspeitos foram questionados e acabaram confessando que todas as peças no barraco eram de motos roubadas em datas anteriores.

Os dois receberam voz de prisão e fora conduzidos ao Plantão Policial, onde o delegado ratificou a prisão em flagrante e ambos foram levados para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista. A moto que estava sendo depenada e as peças encontradas foram apreendidas.

Agora a Polícia Civil deve investigar a quadrilha para saber a extensão da atuação do bando e saber quais dos muitos roubos que estão sendo cometidos na região, são atribuídos a eles. Mais ainda, tentarão identificar e prender todos os integrantes.

Participaram da ocorrência, no apoio, as equipes: 1º sargento Moreira e soldados Lourenço e Muniz; 2º sargento Fonseca e cabos Keller e Frank; 3º sargento Pasin, soldado Pádua e cabo Belluomini; e 3º sargento Xavier, soldado Sadao e cabo Diomar.


Notícias relevantes: