Polícia

Professor suspeito de estuprar crianças em Emeb de Jundiaí é afastado

Ele é investigado por pelo menos dois casos suspeitos, denunciados pelas famílias das crianças de 5 anos


Polícia Civil do Distrito Federal / Ilustração
Criança passará por atendimento para apoio e cuidado, inclusive com escuta especializada
Crédito: Polícia Civil do Distrito Federal / Ilustração

Por Fábio Estevam - A Prefeitura de Jundiaí afastou nesta terça-feira (2), de suas atividades, o professor suspeito de estuprar uma aluna de 5 anos no banheiro de uma escola municipal de ensino básico da cidade. O caso, denunciado pela mãe da criança, está sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Segundo apurou a reportagem, ele também é investigado pela delegacia especializada por suspeita de estuprar outra menina, da mesma idade e na mesma unidade escolar, no ano passado. Ainda de acordo com o que o JJ apurou, outros relatos suspeitos também estão sendo averiguados pela DDM.

O caso ganhou repercussão nesta segunda-feira (1), através da imprensa (leia mais abaixo). Em divulgada ao final da tarde deste terça, a Prefeitura comunicou: “a Unidade de Gestão de Educação (UGE), a par das providências policiais, informa que já adotou as medidas cabíveis com relação à denúncia veiculada ontem, pela mídia, sobre suposto estupro em escola da rede municipal. O suspeito, que trabalha na escola, foi afastado das atividades até que se encerrem as apurações internas e as investigações policiais. Vale salientar que o município conta com rede completa de atendimento para o apoio e cuidado, inclusive com o serviço de Escuta Especializada, que atua em parceria entre as Unidades de Promoção da Saúde, Educação e Assistência e Desenvolvimento Social. Uma equipe de apoio psicológico e de assistência social está atuando na escola para suporte à família e aos pais/responsáveis de estudantes da unidade escolar. O município tem investido fortemente em programas de prevenção de assédio nas escolas, em articulação com outras instituições da sociedade, com vistas a identificar e prevenir ocorrências desse tipo”.

A criança será submetida a escuta especializada para que receba ajuda de uma rede de apoio e as informações também serão compartilhadas com a DDM para as investigações.


RELEMBRE O CASO

Professor é suspeito de estupro contra alunas de 5 anos em Emeb de Jundiaí

https://www.jj.com.br/policia/2022/08/161942-professor-e-suspeito-de-estupro-contra-alunas-de-5-anos-em-emeb-de-jundiai.html


Notícias relevantes: