Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Acusado de diversos roubos de carga é identificado pela DIG

| 22/08/2014 | 22:10

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) conseguiu identificar o homem preso nesta semana, acusado de integrar uma quadrilha especializada em roubos de carga, em sua maioria composta por gêneros alimentícios.

Vitório Luciano Pessutti, 39 anos, como foi identificado o detido, é um indivíduo bastante perigoso, dono de extensa ficha criminal, incluindo diversos delitos de roubo, formação de quadrilha, porte de arma e extorsão mediante sequestro, informaram os delegados Marcel Fehr e Florisval Silva Santos, da DIG.

No dia de sua prisão, segundo Fehr, ele se identificou como Luciano dos Santos e foi detido com outros dois homens, Alex Marques dos Santos, 24, e Sérgio Lei Alves de Souza, 23, a bordo de um caminhão furtado em Itatiba, cujas placas haviam sido anotadas em três assaltos em estradas da região.

O veículo, da marca Volkswagen, ano 2008, estava ainda com as placas adulteradas e era “dublê” de um caminhão semelhante, pertencente a uma empresa de Jundiaí. Tinha ainda preenchido com dados falsos o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) – furtado “em branco” (espelho) do Departamento de Trânsito (Detran).

Segundo Fehr, o veículo foi localizado após a numeração das placas ser inserida em um sistema de leitura de placas (OCR) e este passar em um ponto de Jundiaí, seguindo em direção a Várzea Paulista.

Periculoso – De acordo com Marcel Fehr, Vitório Luciano tem mais de 15 anos de condenação e não chegou a ser julgado por outros crimes pois passou anos foragido e se identificando com nome falso. Ele teria agido com comparsas ainda no roubo de uma carga de alimentos avaliada em R$ 350 mil, no dia 7 de julho deste ano, na rodovia Anhanguera, em Jundiaí, e em outros cinco assaltos na Região, também de produtos alimentícios. Tais cargas estariam avaliadas, cada, em cerca de R$ 40 mil.

Sobre os trabalhos realizados para a identificação de Vitório, o delegado explicou que, no dia de sua prisão, a mulher do detido esteve na DIG, mas também se negou a fornecer o nome do companheiro, afirmando que o conhecia apenas por Luciano dos Santos, mesmo sendo mãe de seu filho.

Ela, que também teria se negado a informar sua qualificação, acabou sendo identificada por um documento que guardava atrás do sutiã, detalhe percebido devido a ela usar uma camiseta branca. “Já quando fotografamos ele, vimos o nome ‘Patrick‘ tatuado no braço. Geralmente, tatuam nome de filho. Com a qualificação da mulher, o setor de inteligência fez uma séria de pesquisas e conseguiu identificar que o nome se referia a uma criança, filho da mulher. Conseguimos, então, qualificar o pai e, com base nessa qualificação, constatamos se tratava de um procurado da Justiça por diversos crimes”, finalizou Fehr.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/acusado-de-diversos-roubos-de-carga-e-identificado-pela-dig/
Desenvolvido por CIJUN