Polícia

Mulher morre atropelada no Jardim Tamoio. Uma vítima permanece internada


atropelamento 2
Crédito: Reprodução/Internet
O condutor de um furgão atropelou, na noite deste sábado (12), três irmãs que estavam dentro de um bar no Jardim Tamoio, em Jundiaí. Uma das vítimas morreu no local, e outra, Ingrid Soares Lucena, foi encaminhada para o hospital São Vicente. Ela passou por cirurgia e se estado de saúde e considerado estável - sem previsão de alta. Conforme relatos de vizinhos do ocorrido, o caso foi premeditado. Segundo os moradores, o condutor da van teria intenção de causar danos ao patrimônio: "Ele freou o furgão na rua de trás, e depois acelerou", relata um morador, que prefere não ter seu nome divulgado. Durante o ocorrido, o causador do dano tentou fugir do flagrante. Ele tentou dirigir uma das ambulâncias de resgate, e foi contido por populares. O condutor da van foi preso em flagrante e, já algemado, tentou quebrar as grades do carro da GM com chutes. O caso foi encaminhado para o Plantão Policial.  O jornalista Guilherme Barros, repórter do JJ, foi agredido por populares enquanto fotografava a prisão do acusado. Ele foi salvo por uma equipe da Guarda Municipal de Jundiaí. *A matéria foi atualizada, após confirmação que a mulher atropelada não estava grávida, como foi inicialmente informado

Notícias relevantes: