Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Após anos de buscas, Polícia Civil captura condenado da Justiça

GERALDO DIAS NETTO | 24/07/2018 | 20:56

Dono de uma extensa ficha criminal e acusado de integrar uma facção criminosa que age dentro e fora de presídios de todo o país, um homem foi capturado em Várzea Paulista pela Polícia Civil após ser procurado pelo Poder Judiciário por aproximadamente três anos. Luciano da Silva, conhecido como “Capote” e “Scoty”, chegou a ser resgatado em 2007 de uma unidade prisional de Monte Sião, em Minas Gerais, onde cumpria pena por sequestro. Em Várzea, responde por crimes de violência doméstica e porte de arma, e tinha um mandado de prisão decretado pela Justiça de Itupeva, condenado em processo por envolvimento com a venda de entorpecentes.

CLIQUE AQUI E VEJA OUTRAS NOTÍCIAS NO PLANTÃO POLICIAL

]

Pelas acusações de agressão contra a companheira, ele chegou a ter um pedido de prisão feito pelo delegado Marcel Fehr, chefe da Polícia Civil de Várzea Paulista. A ordem, no entanto, não foi concedida pelo Judiciário, que entendeu não haver a necessidade de um outro mandado, mesmo que isso reforçasse uma eventual captura. Apesar disso, explicou Fehr, Silva continua sendo investigado por tais crimes cometidos no município, além do porte de arma, acusação registrada pela polícia após o encontro de um revólver em seu carro enquanto era procurado por conta de um dos ataques contra a companheira.

O delegado de Várzea Paulista explicou que, em determinada ocasião, também foram achadas drogas na casa do acusado. Pela quantidade, entendeu-se que seriam para consumo próprio, motivo pelo qual um boletim de ocorrência de porte de entorpecentes foi registrado. Já por conta da violência doméstica, contou que decidiu pedir a prisão ao Judiciário, uma vez que nenhuma outra medida protetiva traria a segurança necessária à vítima das agressões.

Captura

Marcel Fehr explicou que, por diversas vezes, policiais de sua equipe tentaram prender Silva, que sempre se mudava para evitar a prisão. Condenado por tráfico em Itupeva, continuava em Várzea Paulista, conforme revelaram algumas diligências, e foi finalmente encontrado na última segunda-feira (23). De acordo com o delegado, ele passava pela Ponte dos Emancipadores, caminhando, quando foi visto por policiais, que agiram rápido para evitar qualquer possibilidade de fuga. De todas as condenações, incluindo uma de oito anos de reclusão por assalto e outras por tráfico, Fehr acredita que o total de pena possa chegar a 20 anos. Ele informou que a captura foi comunicada à Justiça, que deve agora decidir em qual unidade prisional Silva deverá ser custodiado.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/policia/apos-anos-de-buscas-policia-civil-captura-condenado-da-justica/
Desenvolvido por CIJUN