Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cemitério do Desterro vira fonte de renda para ladrões de bronze

| 29/05/2014 | 01:44

O mais antigo cemitério de Jundiaí, o Nossa Senhora do Desterro, na região central, vem sendo alvo de constantes furtos de bronze de suas sepulturas. Com apenas um segurança no período diurno e nenhum à noite, o cemitério torna-se alvo usuários de drogas e ladrões, que fizeram do local uma verdadeira “fonte de renda”.

Vasos, esculturas, placas e até mesmo nomes de falecidos em bronze são alguns dos objetos levados pelos invasores, que chegaram a danificar a capela do Desterro, na madrugada da última terça-feira, também para a prática de furto. Portas foram arrombadas da construção e parte de um para-raio foi levada. 

Uma caixa para doações chegou ser arrancada da parede do altar pelos desconhecidos, que tiveram acesso ao interior do cemitério possivelmente subindo por uma árvore, cujos galhos, rentes à cerca do muro, possibilitam alcance ao teto de um cômodo – usado guardar ferramentas – que teve as telhas quebradas. 


Link original: https://www.jj.com.br/policia/cemiterio-do-desterro-vira-fonte-de-renda-para-ladroes-de-bronze/
Desenvolvido por CIJUN