Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Com ajuda de vídeo, polícia desvenda autor de atropelamento proposital no Jd. Tarumã; assista

geraldo dias netto | 05/06/2018 | 19:16

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Policiais do 3º DP de Jundiaí, localizado na Ponte São João, esclareceram a autoria de um atropelamento motivado por vingança na rua Ubá, no bairro do Jardim Tarumã, que vitimou duas pessoas no dia 27 do mês passado, incluindo um homem de 55 anos que conversava com um amigo na porta dos fundos de sua casa. Na ocasião, o motorista fugiu do local – uma rua com pouca luz, estreita e de terra. Isso não impediu que ele fosse identificado pelo 3º DP, que contou com a ajuda de um vídeo que registrou o atropelamento. Resgatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o morador chegou a sofrer fratura na clavícula, enquanto seu conhecido, também um residente local, teve escoriações generalizadas. De acordo com o policial Poli, da equipe do delegado Antonio Dota Junior, as investigações revelaram que o crime teve por motivação um acidente ocorrido na rodovia Engenheiro Constâncio Cintra, entre Jundiaí e Itatiba, que causou a morte da esposa do atropelante, em março do ano passado e envolvendo um dos atropelados no Jardim Tarumã.

VEJA O VÍDEO NO FIM DA MATÉRIA

CLIQUE AQUI E CONFIRA OUTROS DESTAQUES DO PLANTÃO POLICIAL

A descoberta do boletim de ocorrência pelo setor de inteligência do 3º DP (Poli, Paulinho, Dirceu, Leandro, Val e Kliner) foi um passo importante para o esclarecimento da autoria, uma vez que o companheiro da vítima fatal se tornou suspeito a partir da ligação dele com o roubo de um Vectra GT – o mesmo automóvel atropelante -, fato verificado pelos policiais na sequência das investigações. “O carro pertence ao acusado, que foi vítima de roubo em dezembro de 2016. Ocorre que o Vectra foi localizado pelo dono pouco tempo depois, e descobrimos que o veículo atropelante era possivelmente um Vectra. Desta forma, não deu para não ligar uma cosia com a outra”, contou o policial Dirceu. Com os fortes indícios obtidos pela equipe do delegado Dota Junior, o automóvel foi encontrado pelos policiais durante buscas ao proprietário, explicou Poli, que chefia o setor de inteligência do 3º DP. De acordo com o investigador, o suspeito do atropelamento não foi localizado na ocasião, mas decidiu entrar em contato com a unidade, por meio de seu advogado, para prestar esclarecimentos, já que tomou conhecimento de que havia sido procurado em casa, no bairro do Jundiaí-Mirim. No 3º DP, durante depoimento, ele admitiu que dirigia o automóvel atropelante, mas negou ter agido por vingança. “Ele afirmou que não teve a intenção e também não sabia que W. residia no local. Porém, em nenhum momento foi convincente em suas alegações”, observou Poli.

IMAGENS: Pelas imagens, é possível ver os dois conhecidos conversando e o veículo se aproximando devagar, já que a via, além de estreita e de terra, é bastante acidentada. Próximo aos dois homens, o motorista vira à esquerda e passa por cima dos dois homens, deixando o local logo em seguida. Com a gravação obtida pelo 3º DP, o cerco foi se fechando cada vez mais ao motorista até então desconhecido, até a autoria ser descoberta e ele indiciado por tentativa assassinato. Agora, explicou Poli, o inquérito policial instaurado pelo delegado Dota Junior deve ser concluído e encaminhado para apreciação do Poder Judiciário.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_video link=”https://youtu.be/-OHP6AVndjs”][/vc_column][/vc_row]


Link original: https://www.jj.com.br/policia/com-ajuda-de-video-policia-desvenda-autor-de-atropelamento-proposital-no-jd-taruma-assista/
Desenvolvido por CIJUN