Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Comerciante é acusado de espancar e matar a esposa

| 02/09/2014 | 00:57

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí conseguiu na Justiça um mandado de prisão temporária, por 15 dias, contra o comerciante José Carlos Esteves, de 57 anos, principal suspeito da morte da esposa, a doméstica Sandra Alice Giano Esteves, 54, por espancamento.

O corpo de Sandra foi encontrado no último dia primeiro, no sofá da casa onde ela morava, no Jardim Ermida, em Jundiaí, localizada no mesmo terreno que a de seu marido, de quem estava se separando.

De acordo com o delegado Florisval Silva Santos, da DIG, o casal já tinha um histórico de brigas e agressões. Na última sexta-feira, teria discutido em um bar, após a mulher voltar com a neta, de 9 anos, de um shopping e parar no local para tomar algumas bebidas. Ao ser removido do imóvel, o cadáver apresentava grandes ferimentos no rosto e marcas no pescoço. Estava nu e deitado no sofá, informou o delegado.

O delegado informou que, registrado o caso como homicídio consumado, a DIG passou a investigá-lo e pediu a prisão temporária do comerciante após algumas diligências, principalmente com base no que a vítima teria dito à neta e ao filho. Entendendo haver indícios de autoria, a Justiça acabou concedendo a medida.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/comerciante-e-acusado-de-espancar-e-matar-a-esposa/
Desenvolvido por CIJUN