Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Comerciante é executado dentro de casa por mascarado em Itatiba

GERALDO DIAS NETTO | 21/07/2018 | 19:17

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí tenta identificar a autoria do latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou um comerciante de 56 anos, baleado em casa, no bairro cidade Jardim, em Itatiba, no começo da madrugada deste sábado (21). Gerson Luiz Reganin morava na rua Joaquim Rangel Barbosa e foi atacado por um homem mascarado, magro e alto, que levou da residência aproximadamente R$ 4 mil, dois relógios de marca, incluindo um de ouro, e a caminhonete do morador, uma Nissan Frontier, ano 2003, de cor prata. O veículo foi encontrado em uma área de mata de Morungaba e tinha partes de seu interior queimadas, provavelmente para dificultar a coleta de possíveis provas por peritos do Instituto de Criminalística (IC)

T_WhatsApp Image 2018-07-21 at 13.53.40Esposa de Reganin, uma auxiliar administrativa de 31 anos viveu momentos de terror ao ser rendida e violentamente agredida dentro de casa pelo criminoso, antes mesmo da chegada do marido ao imóvel. Sofrendo de depressão, ela havia saído com a caminhonete para ir à terapia, mas resolveu voltar, pois não se sentia bem em razão de ter feito uso de medicamentos antidepressivos. No trajeto, segundo informações obtidas pela polícia, decidiu seguir em direção a Morungaba, mas preferiu voltar para casa, guardando o veículo na garagem, que estava com as luzes apagadas. Ao entrar na residência e ir para o quarto, ainda sem acender as luzes, foi atingida com soco no rosto, notando que havia sido dado por um invasor em seu imóvel. Mesmo estando mascarado, percebeu que ele tinha uma mecha descolorida nos cabelos e desmaiou pelo golpe que a atingiu.

Ao recobrar os sentidos, notou que o desconhecido falava ao celular, dizendo ao interlocutor “ele não está aqui”. Foi novamente agredida com um forte soco após o homem perguntar sobre o paradeiro do comerciante e ela responder que não sabia, mesmo tendo o conhecimento de que ele estava em Campo Limpo Paulista. Novamente desfalecida, acordou dentro de seu quarto, que estava com a porta trancada, e pulou a janela para entrar pela porta dos fundos. Passou pela cozinha e, ao chegar à sala, viu seu marido no chão e ligou para a Polícia Militar. Desesperada, tentou deixar o imóvel, mas percebeu que o portão da garagem estava trancado e a caminhonete havia sido levada. Gritou por ajuda a vizinhos e, algum tempo depois, foi auxiliada por dois policiais militares, que arrombaram o portão e constataram que o marido da moradora estava morto.

Investigação
Com a notícia do crime dada à Polícia Civil de Itatiba, uma equipe especializada DIG de Jundiaí, a Apolo 3 (Gigio e Júlio), foi acionada para investigar o caso, que foi registrado pelo delegado Ruiter Martins. Durante diligências, explicou o investigador-chefe Almir de Oliveira, a Apolo 3 foi informada de que a caminhonete do comerciante havia sido encontrada em uma área de mata em Morungaba, para onde os policiais foram neste momento e a encontraram com partes carbonizadas. Eles acompanharam os trabalhos dos peritos do IC à procura de pistas que auxiliem na identificação dos criminosos e retornaram a Itatiba para conversar com conhecidos do comerciante. Segundo apuraram ainda neste sábado, Reganin era proprietário de uma cozinha industrial e o valor levado de sua residência seria destinado ao pagamento de funcionários. A população pode ajudar a polícia a desvendar o caso, explicou Almir. Ele pede que a DIG seja procurada caso alguém tenha informações que levem à identificação dos envolvidos na morte do comerciante, que era considerado pessoa bastante querida em Itatiba. A unidade jundiaiense está localizada na avenida Francisco Pereira de Castro, 878, no bairro do Anhangabaú, e é chefiada pelo delegado Luís Carlos Duarte. Já o telefone é o (11) 4521-6806. Não é necessário se identificar.

T_WhatsApp Image 2018-07-21 at 13.53.41


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/policia/comerciante-e-executado-dentro-de-casa-por-mascarado-em-itatiba/
Desenvolvido por CIJUN