Polícia

Corpo de pedreiro espancado é localizado em obra


Um pedreiro de 27 anos foi encontrado morto em Jarinu, na madrugada de sábado. Alexandre Soares Manso era morador local e faleceu devido a um ferimento na cabeça. A Polícia Civil, chefiada em Jarinu pelo delegado Matheus de Campos Pinheiro, já tem pistas do suspeito e deve concluir a investigação entre hoje e amanhã.

Uma denúncia anônima levou os investigadores Luizão e Marquinho, apoiados pela Polícia Militar, a uma obra em construção na rua Miguel Ângelo, no bairro Trieste por volta das 2h30 da madrugada de sábado.

No local encontraram o corpo que, além da ferida na cabeça - provavelmente causada por um golpe feito com um pedaço de madeira - também haviam hematomas pelo corpo da vítima.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta segunda-feira (06) ou faça uma assinatura digital.


Notícias relevantes: