Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Criminoso invade bar no Tamoio e mata comerciante

| 21/10/2014 | 22:15

O comerciante Antonio Silva de Souza, de 43 anos, foi morto a tiros, no final da noite de segunda-feira (20), durante assalto a seu bar, localizado na rua Alfredo Pizzocaro, 39, no Jardim Tamoio, em Jundiaí. Três bandidos invadiram o local, que naquele horário tinha cerca de 20 pessoas. Um deles estava armado com um revólver e atirou contra o comerciante, mesmo este não tendo reagido, informaram testemunhas.

Conhecido como Toninho Paraíba, Antonio Silva jogava pelo time de futebol amador Jamaica, do Jardim Tamoio, e era casado. De acordo com clientes, além de não reagir ao assalto, ele entregou seu relógio de pulso. No caixa do bar, a polícia apreendeu R$ 5.686,00.

Dinheiro, joias e telefones celulares de clientes foram roubados pelo trio. Os bandidos teriam chegado ao local em um veículo (Gol ou Corsa) vermelho. Automóvel semelhante, segundo informou a Polícia Militar durante a elaboração do boletim de ocorrência de latrocínio (roubo seguido de morte), estaria sendo utilizado para outros roubos na região ainda naquela noite.

O comerciante chegou a ser socorrido por familiares, que o encaminharam ao Hospital São Vicente de Paulo. No pronto-socorro, contudo, ele não resistiu e morreu. Nesta terça-feira, policiais da equipe Apolo 3 (Júlio e Gigio), da equipe do delegado Marcel Fehr, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), buscavam imagens de possíveis câmeras de seguranças nas imediações do bar, com o objetivo de identificar os criminosos. O comércio não conta com dispositivos semelhantes.

Repórter lembra Toninho – Luiz Antonio de Oliveira, o Cobrinha, repórter da Rádio Difusora/Jovem Pan Sat (810 AM), se lembra de ter visto Toninho Paraíba jogar no Campeonato Amador de Jundiaí. “Ele estava no Jamaica, mas vestiu a camisa de vários outros times, entre eles o Cruzeiro da Vila Maringá, o Vila Rami e o Frigo Hanz, este último na segunda divisão. Tinha amizade com o Toninho e, no domingo passado, quando da partida Jamaica x Grêmio Marlene, pela semifinal do torneio deste ano, passei por ele e o cumprimentei”, revelou.

O repórter da Difusora falou também que Paraíba era ponta direita e jogava bem. “Ultimamente, estava no banco do Jamaica e não tinha mais a habilidade de outros tempos. Era bem visto no Jardim Tamoio e chegou a entrar no final do jogo em que o time venceu o Sport Sorocabana por 2 a 0, no último dia 12”.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta quarta-feira (22) ou faça uma assinatura digital.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/criminoso-invade-bar-no-tamoio-e-mata-comerciante/
Desenvolvido por CIJUN