Polícia

Criminosos atiram contra PMs durante fuga a pé em Jundiaí e são presos


LOCAL
Crédito: Reprodução/Internet
Policiais militares do 49º Batalhão prenderam três criminosos durante um assalto em andamento a uma loja de conveniência em um posto de combustíveis na Vila São Paulo, em Jundiaí, na madrugada desta sexta-feira (24). Durante a fuga um dos ladrões chegou a atirar três vezes contra os PMs, que não revidaram, mas realizaram um cerco para prendê-lo. Uma denúncia anônima via 190 levou soldados Yuri e José a averiguarem uma informação de que estava havendo uma movimentação suspeita dentro da loja, num posto que fica na rua da Várzea. Ao chegarem notaram que o posto estava todo apagado, porém com pessoas no interior da loja. Assim que perceberam a aproximação da viatura três bandidos deixaram o local a pé, correndo, sendo perseguidos. Um deles se virou a fez três disparos na direção dos policiais, que se abrigaram e chamaram apoio. rapidamente outras viaturas de Comando de Força Patrulha (CFP), com coordenação do tenente Tuth e viaturas de Comando de Grupo Patrulha (CGP), com o primeiro sargento João Campos e 3º sargento Filgueira e 3º sargento Tavares foram até o local e um cerco foi montado Os bandidos, que haviam corrido sentido avenida Gumercindo Soares, acabaram invadindo algumas. Os PMs então iniciaram vistoria em várias casas do entorno e acabaram localizando os três bandidos escondidos em uma casa na avenida Fernando Arens. Eles ainda tentaram fugir, novamente, pulando muros das casas vizinhas, porém caíram e se machucaram, sendo detidos. Foi apreendido um revolver calibre 32, usado para o assalto e para atirar nos PMs, com cinco munições duas deflagradas e uma picoTada e um veículo Astra. Os PMs ainda recuperaram três celulares R$ 450 e 50 maços de cigarro. No posto de gasolina três vítimas, que haviam sido rendidas, foram libertas. Os presos foram encaminhados ao Hospital São Vicente e posteriormente ao Plantão da Polícia Civil. O local ficou revirado pelos ladrões durante o roubo

Notícias relevantes: