Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Decreto regulamenta atuação dos ‘Anjos da Guarda’ em Jundiaí

VINICIUS SCARTON | 17/10/2018 | 06:00

Depois de retomar o programa no ano passado, a Prefeitura de Jundiaí agora transformou os “Anjos da Guarda” em Grupamento Especializado de Ronda Escolar da Guarda Municipal, assim como já ocorre com as unidades especializadas Apoio Tático e Canil. O decreto que regulamenta o novo grupamento foi publicado no último dia 10, na Imprensa Oficial do município.

Na prática, segundo o gestor de Segurança Municipal, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel, o Jacó, a filosofia de atuação dos guardas municipais que fazem parte dos Anjos da Guarda não mudará. “Eles continuarão prestando atendimento nas escolas nos períodos de entrada e saída de alunos, além de auxiliar a população que reside ao redor das unidades escolares. No entanto, quem faz parte dos Anjos da Guarda terá seu trabalho amparado por lei, independentemente de quem estiver na administração”, explica.

De acordo com a assessoria de imprensa da GM, na atualidade são 28 GMs que atuam diretamente como “Anjos da Guarda”, distribuídos no período matutino e vespertino. Exemplo dessa atuação, o guarda municipal Osvaldo Zuim Jr. trabalha na corporação há 23 anos e desde 1997 como “anjo da guarda”. Segundo ele, o propósito é atender a comunidade escolar, criando a proximidade com todos, além de parcerias. “O trabalho vai muito além das rondas. Afinal, também estamos presentes nas escolas, organizando palestras e projetos educacionais”, descreve.
Zuim, como é conhecido, tem ocupado interinamente a função de coordenador da equipe da manhã. “Tenho que visitar todos os setores, mas atualmente tenho atuado na área do 4º Distrito Policial, que abrange a Vila Arens e segue até o bairro da Agapeama”, comenta. Segundo ele, cada equipe atua em 12 ou 15 escolas municipais.

O trabalho dos “Anjos da Guarda” também tem proporcionado uma troca de experiências entre os integrantes da corporação. Zuim, por exemplo, tem atuado com a guarda Daniele Januário Lima Garbim, que ingressou na GM há exatos três meses. “Neste período tenho frequentado as escolas do município e a experiência está sendo ótima, pois adoro estar com as crianças e gosto muito do ambiente escolar. Além disso, estou muito identificada com a área”, afirma.

Para Zuim, a troca de experiência é positiva. “Afinal, esse período serve como aprendizado para quem está ingressando, trazendo uma carga de informações que contribuem para o seu crescimento”, salienta. Ontem por volta das 12h20, Zuim e Daniele estiveram na Emeb Marcos Gasparian, no Centro de Jundiaí. Os pais dos alunos aprovam a presença da corporação na entrada e saída dos seus filhos, quando o tráfego de veículos aumenta.

A artesã Rita Benotto tem uma filha matriculada na 1ª série. Ela reforça a sensação de segurança com a presença da GM. “Essa iniciativa é fundamental nas escolas da cidade, pois dá a sensação de segurança, principalmente quando os alunos chegam e saem da escola”, diz.

Foto: Rui Carlos

Foto: Rui Carlos


Link original: https://www.jj.com.br/policia/decreto-regulamenta-atuacao-dos-anjos-da-guarda-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN