Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Em menos de uma semana, furtos de cobre levam cinco para a cadeia em Jundiaí

GERALDO DIAS NETTO | 09/06/2018 | 19:24

Em menos de uma semana, cinco pessoas foram presas em Jundiaí por furto de fios de cobre. Uma mesma equipe da Polícia Militar, do 49º Batalhão, foi a responsável pelas detenções. Os crimes, registrados como furto qualificado, são inafiançáveis. A mais recente prisão foi feita na tarde deste sábado (9). Dois adultos, que não tiveram os nomes divulgados, foram levados ao Plantão da Polícia Civil após serem surpreendidos por dois patrulheiros (soldados Domingues e J. Costa).

De acordo com a PM, um vigilante da empresa flagrou a ação criminosa e pediu ajuda aos militares, que passavam pelo local, na região da Vila Aparecida, e conseguiram realizar a prisão pouco tempo depois. Um extenso rolo de fios de cobre, que poderia render aos ladrões aproximadamente R$ 1 mil, foi recuperado e devolvido ao representante do estabelecimento. Na última segunda-feira, outro furto na Vila Aparecida já havia mandado para trás das grades três homens. Na ocasião, quantidade ainda maior de fios de cobre estava sendo retirada de um estabelecimento, quando a equipe da viatura I-49121 foi acionada e realizou a abordagem.

LEIA DESTAQUES DE POLÍCIA

Os três detidos também foram conduzidos ao Plantão Policial e autuados em flagrante, sendo recolhidos no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista para aguardar audiência de custódia. O procedimento, realizado pelo Poder Judiciário, analisa as circunstâncias da prisão, sem apreciar o mérito, quando então é decidido pela manutenção ou não da prisão dos envolvidos.

Ação
No começo deste mês, a Polícia Civil de Jundiaí, por meio do 3º DP, realizou uma operação de combate a furtos de material metálico, incluindo peças de cobre e alumínio. Um estabelecimento de sucatas foi vistoriado e seu responsável, preso em flagrante por receptação qualificada. Outro homem também foi autuado pelo furto dos objetos encontrados no comércio, denominado Ferro Velho da Velha. A ação foi chefiada pelo delegado Antonio Dota Junior, titular do 3º DP. Segundo ele, a unidade já estava monitorando o movimento no local, uma vez que investigação preliminar revelou que o estabelecimento estava adquirindo fios elétricos e telefônicos furtados.

Conforme explicou o delegado, policiais de sua equipe flagraram o momento em que um homem fazia a venda de diversas barras de alumínio subtraídas da composição férrea operada pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Eram peças em formato de canos, retiradas de vagões que devem ir a leilão e avaliadas por funcionários da empresa de trens em R$ 500.

Localizado na avenida Antonio Frederico Ozanam, 3252, na Ponte São João, o ferro-velho também guardava em seu interior outros materiais identificados pela CPTM como furtados de seu patrimônio, incluindo uma escada de ferro, a estrutura de um quadro de energia elétrica e acabamentos da cabine do maquinista.

Detido no local sob a acusação de furtar tais peças, Tiago dos Santos Anjos, de 29 anos, estava com um carrinho de compras, dentro do qual parte dos materiais foi achada. Indagado sobre o que fazia no estabelecimento, disse que pretendia vender os tubos de alumínio que carregava, mas negou tê-los furtado, alegando serem sucatas da CPTM. Ele acabou mudando a versão e confessou o furto, que foi confirmado após contato dos policiais com funcionários da empresa de trens.

Já o responsável pelo comércio, de 68 anos, chegou a negar ter adquirido tais peças. Ele recebeu voz de prisão assim que a vistoria no ferro-velho encontrou mais materiais furtados. Enquanto Santos Anjos foi autuado por furto, Aparecido da Silva, como foi identificado o funcionário do estabelecimento, assinou auto de prisão por receptação qualificada. O crime prevê pena de três a oito anos de reclusão, além do pagamento de multa, a quem adquiri material que sabe ser produto de crime “no exercício de atividade comercial ou industrial”.

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


Link original: https://www.jj.com.br/policia/em-menos-de-uma-semana-furtos-de-cobre-levam-cinco-para-a-cadeia-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN