Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Escolta da PM auxilia doentes durante a greve dos caminhoneiros

GERALDO DIAS NETTO - gnetto@jj.com.br | 31/05/2018 | 21:22

Policiais militares da Força Tática do 11º Batalhão de Jundiaí fizeram a escolta de 12 caminhões carregados com insumos hospitalares para tratamento de hemodiálise e de doenças crônicas. A ação deve beneficiar cinco mil pacientes, que corriam o risco de terem o tratamento suspenso por conta de um bloqueio que não permitia a saída do material médico do Porto de Santos.

De acordo com o capitão Augusto José Martinelli, as equipes de Força Tática já encerravam o turno de 12 horas quando foram acionadas. “Apareceu essa demanda, de caráter humanitário. Prontamente, os policiais militares atenderam e se prontificaram a ir. Passaram seis horas a mais do turno de 12 horas, que já é longo. Foram até Santos e trouxeram para cá essas 12 carretas”, salientou o oficial.

Martinelli ressaltou o caráter humanitário da ação, considerando o risco potencial a doentes crônicos e aos que realizam o procedimento de hemodiálise, no qual uma máquina limpa e filtra o sangue, fazendo parte do trabalho que o rim doente não pode fazer, segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia. “Seria inconcebível deixar cinco mil pessoas sem o tratamento adequado, correndo ainda mais risco para a saúde e até de morte.”

Conforme explicou o capitão, policiais do 11º Batalhão trabalharam em suas folgas por conta das inúmeras escoltas, tanto de caminhões com combustíveis como de produtos para serviços essenciais, e “não pensaram duas vezes para aceitar a missão” de passar por mais seis horas de trabalho, após um turno de 12 horas.

“O policial não recebe um centavo a mais por isso. Acaba até tendo gasto com deslocamento quando trabalha em sua folga. Ele tem horário para entrar, mas não tem para sair. Mas missão dada é missão cumprida”, salienta.

Desde o começo da greve dos caminhoneiros, a PM paulista foi bastante elogiada pela população pela forma como conduziu suas ações e foi fundamental para minimizar os efeitos do desabastecimento de combustíveis e de produtos de todo o gênero no Estado.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/escolta-da-pm-auxilia-doentes-durante-a-greve-dos-caminhoneiros/
Desenvolvido por CIJUN