Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Este ano, 52 pessoas morreram em acidentes de trânsito na cidade

VINICIUS SCARTON | 14/11/2018 | 13:00

Dois acidentes com vítimas fatais registrados em 48 horas, ambos em trechos de rodovias que passam por Jundiaí, trouxeram à tona, mais uma vez, a questão das mortes no trânsito. As duas mortes – na Bandeirantes, no domingo (11), e na Dom Gabriel, nesta segunda (12) – ainda não estão contabilizadas nas estatísticas oficiais, mas devem engrossar os números deste ano na cidade.

Apesar da sensação de aumento, por conta da proximidade dos acidentes, Jundiaí registra queda de 30% no número de mortes no trânsito este ano, em comparação ao ano passado. De acordo com dados do Infosiga (Movimento Paulista de Segurança no Trânsito), de janeiro a setembro (período disponível para consulta) deste ano foram registradas 52 mortes, incluindo em rodovias e vias municipais. No ano passado, no mesmo período, foram 74 mortes.

Um dado que chama a atenção este ano é o aumento das mortes nas vias municipais: de 28% em 2017 para 48% este ano. Cenário bem diferente do ano passado, quando a maioria das morte registradas em Jundiaí ocorreu em rodovias (67%). Já neste ano, esse percentual caiu para 40%. Os dias da semana com maior número de vítimas fatais em acidentes são sexta, sábado e domingo. Nesses dias, ocorreram 34 mortes, mais da metade do total. Ainda conforme o Infosiga, a maioria dos acidentes com morte envolve motociclistas (27 no total), sendo a faixa etária mais afetada de 18 a 24 anos, com 12 mortes.

REDUÇÃO
Segundo levantamento da CCR AutoBAn, foram registrados, de janeiro a setembro de 2017, no trecho de Jundiaí das rodovias do Sistema Anhanguera-Bandeirantes (Rodovia dos Bandeirantes, Via Anhanguera e trecho administrado pela CCR AutoBAn da Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto), 984 acidentes, com 18 mortes. Já em 2018, no mesmo período, 849 acidentes, com 7 mortes, redução de 14% no total de acidentes e de 61% no total de vítimas fatais.

A AB Colinas informa que o trecho de Jundiaí da Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (SP-300), registrou queda de 7% no número de acidentes se comparados os períodos de janeiro a setembro de 2018 e 2017. No ano passado foram contabilizadas 105 ocorrências enquanto neste ano o número caiu para 98. A reportagem tentou falar com um representante da prefeitura para falar sobre o trânsito nas vias municipais, mas não teve retorno até o fechamento desta edição.

T_acidente_domgabriel2


Link original: https://www.jj.com.br/policia/este-ano-52-pessoas-morreram-em-acidentes-de-transito-na-cidade/
Desenvolvido por CIJUN