Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Ex-delegado de Jarinu assume a Drade, em São Paulo

GERALDO DIAS NETTO | 06/07/2018 | 05:15

O delegado seccional de Casa Branca, Carlos Alberto de Braga Fiuza, ex-titular de Campo Limpo Paulista e Jarinu, assume nos próximos dias a Delegacia de Polícia de Repressão e Análise aos Delitos de Intolerância Esportiva (Drade), unidade especializada na apuração de crimes cometidos por torcidas de futebol de todo o Estado de São Paulo. A decisão de transferir Fiuza foi tomada pela delegada Elisabete Ferreira Sato Lei, diretora do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) – do qual faz parte a Drade -, com o aval do delegado-geral, Paulo Afonso Bicudo.

Fiuza explicou que, em conversa com a diretora do DHPP, lhe foi pedido uma atuação firme na condução da Drade, objetivando a pacificação das torcidas do futebol paulista. “Esse é o desejo da cúpula da Polícia Civil.” Sobre a atuação da unidade, informou que ela é responsável por controlar todas as torcidas de futebol de São Paulo. “Ou seja, quem é violento, quem não é, quem brigou; se está havendo tráfico de drogas, se há algum crime conexo. E não só no futebol”, disse. “Qualquer questão de intolerância nos esportes em geral, mas principalmente no futebol, é investigada pela Drade, que atua para manter o esporte pacífico, controlado e calmo, que é a razão do esporte: promover benefício e bem-estar, e não a violência”, finalizou.

CLIQUE AQUI E VEJA OUTRAS NOTÍCIAS NO PLANTÃO POLICIAL

Considerado um dos delegados mais experientes do Estado, Fiuza foi responsável, enquanto titular de Jarinu e Campo Limpo Paulista, por investigações que levaram inúmeros criminosos à prisão. Em Casa Branca, localizada a 230 km da Capital, foi responsável pela administração da Polícia Civil dos municípios de Mococa, São José do Rio Pardo, Caconde, Tapiratiba, Tambaú, Santa Cruz das Palmeiras e Itobi, e participou, recentemente, de um curso dado pelo Serviço Secreto dos Estados Unidos contra fraudes bancárias e contra a moeda norte-americana. Além da jurisdição em áreas que combatem crimes financeiros, o Serviço Secreto dos Estados Unidos atua na proteção do presidente norte-americano e seu vice, assim como de familiares dos chefes de estado e ex-membros do governo federal.

Fiuza, ex-delegado de Jarinu e Campo Limpo Paulista

Foto: Jornal Casa Branca


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/policia/ex-delegado-de-jarinu-assume-a-drade-em-sao-paulo/
Desenvolvido por CIJUN