Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Final de semana na Região é um dos mais violentos dos últimos tempos

GERALDO DIAS NETTO | 10/06/2018 | 21:27

A Região de Jundiaí foi palco de um dos mais violentos finais de semana dos últimos tempos. Diversos assassinatos foram registrados pela polícia, e um suspeito morreu em embate com guardas municipais de Itatiba. Em Várzea Paulista, dois irmãos foram atacados a tiros em um bar no Jardim América 3. Atingidos na cabeça, um deles não resistiu aos ferimentos, enquanto o outro foi transferido a um hospital de Jundiaí, onde permanece internado com disparos alojados no olho esquerdo e na nuca.

Já em Campo Limpo Paulista, uma mulher de 46 anos foi presa, acusada de matar o companheiro a facadas. O crime ocorreu na avenida Washington Luís, no Jardim Paulista, e vitimou um autônomo de 56 anos. Em Cabreúva, uma jovem de 21 anos teve de ser levada às pressas ao hospital em razão de ferimentos provocados por fogo. Ex-namorado da jovem, um motorista de 39 anos é acusado do crime.

Polícia Militar captura procurado que cometeu novo roubo em Jundiaí

Ele negou ter ateado fogo na mulher. À polícia, contou que ambos discutiram e a própria moça jogou líquido inflamável no corpo e pôs fogo, alegação que não foi aceita pelo delegado de Cabreúva, Adalberto Ceolin.
Ele acabou autuado em flagrante por tentativa de assassinato e recolhido no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Itatiba
O confronto entre um suspeito e guardas municipais de Itatiba ocorreu em um hotel abandonado na avenida Caetano de Abreu, na Vila Bela Vista. Segundo relato dos GMs à Polícia Civil, equipes foram acionadas ao local após informação de que indivíduos em um Gol tentavam furtar objetos no prédio abandonado.

Responsável pelos disparos, um agente contou que procurava um dos suspeitos em uma mata, por onde todos teriam fugido, quando foi surpreendido com disparos de arma de fogo em sua direção.

Sem ser atingido, disse que revidou e acertou o agressor, que não chegou a ser identificado. A arma que estaria com o homem, de calibre 32 e com dois cartuchos deflagrados, foi apresentada na delegacia.

Um jovem de 24 anos foi preso no local e disse que pretendia praticar furto. Ao chegar ao prédio, no entanto, desistiu e, quando estava indo embora com o conhecido, que disse conhecer apenas como “Léo”, foi surpreendido com a chegada da GM.

Ele afirmou desconhecer que Léo estava armado e que apenas na delegacia soube da suposta troca de tiros e o óbito do amigo. Um boletim de ocorrência de homicídio por intervenção policial e tentativa de homicídio foi registrado.

 

VIOLENCIA DOMESTICA

VIOLENCIA DOMESTICA


Link original: https://www.jj.com.br/policia/final-de-semana-na-regiao-e-um-dos-mais-violentos-dos-ultimos-tempos/
Desenvolvido por CIJUN